Mundo Operário

MUNDO OPERÁRIO

Trabalhadores da REPAR decretam greve devido ao descaso da Petrobras na pandemia

Os trabalhadores da refinaria presidente Getúlio Vargas (REPAR) em Araucária, entram em seu segundo dia de greve na Petrobras. O principal motivo da greve é a questão sanitária, segundo os trabalhadores, a Petrobras despreza as condições de riscos que são colocados os trabalhadores.

terça-feira 13 de abril| Edição do dia

Foto: Marcelo Andrade/Arquivo/Gazeta do Povo

Os trabalhadores decretaram greve devido as “paradas de manutenção” que aumentam a quantidade de operários na refinaria, colocando a vida dos trabalhadores em risco, sem realização de testagem e isolamento social ou qualquer garantia médica.

Com o crescente de números de óbitos e pico da pandemia no país, a Petrobras ignora a gravidade do coronavírus e impõe para os trabalhadores que trabalhem nessas condições de crise sanitária. Ao menos dois trabalhadores da REPAR morreram de covid e outros foram contaminados. E mesmo assim a Petrobras segue com a linha de seguir trabalhando normalmente, com aval do próprio judiciário, que além de criminalizar o direito de fazer greve dos trabalhadores, ajuda a ocultar os números de mortes dos trabalhadores vítimas do coronavírus.

Quem administra a Petrobras são os militares e os grandes empresários que mostram sua faceta negacionista e anti operária, desconsiderando a vida dos trabalhadores e de seus familiares. Segundo confirmações do sindicato petroleiro do Paraná, dois trabalhadores dessa plataforma morreram de covid-19 e ainda a Petrobras segue irredutível em seguir trabalhando normalmente.

A luta na REPAR contra o descaso da Petrobras na pandemia, ecoa outras paralisações no sistema Petrobras com a mesma pauta, como vimos na RLAM, REMAN, e REGAP. Essa pauta junto a pauta nacional de luta contra a privatização poderia ser muito mais forte se ocorressem mobilizações unificadas de todas unidades.

O Esquerda Diário apoia a luta dos petroleiros do Paraná e de todo país em defesa de suas condições sanitárias e contra as privatizações em todo o sistema Petrobras.

LEIA MAIS: Amanhã petroleiros da REPAR entram em greve contra descaso da Petrobras na pandemia




Tópicos relacionados

Refinarias   /    Petroleiros   /    Paulo Guedes   /    Governo Bolsonaro   /    Petrobras   /    Greve dos Petroleiros   /    Crise da Petrobrás   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar