Mundo Operário

NO RIO DE JANEIRO

Trabalhadores da CEDAE fazem ato na Alerj e mostram disposição de barrar a privatização

Dezenas de trabalhadores fazem ato no Rio de Janeiro, em frente à Alerj, contra a criminosa privatização da Cedae e mostram disposição para barrar esse ataque que o governo do Rio, junto do STF, está fazendo a toda a população carioca.

quinta-feira 29 de abril| Edição do dia

São dezenas de trabalhadores que saíram às ruas nessa quinta-feira contra o projeto de privatização da Cedae. Há anos os sucessivos governos cariocas vêm precarizando a empresa para tentar justificar sua privatização, mas os trabalhadores apontam um caminho de defesa do patrimônio público.

Recentemente o governo Castro ganhou um aliado nesse ataque: o poder judiciário. O Presidente do STF, Luiz Fux, nessa semana derrubou liminar que tentava suspender o leilão previsto para essa sexta-feira. Empresários e o capital financeiro estão ávidos por colocar suas mãos na empresa pública com o objetivo único de poder lucrar às custas da população. Veja mais fotos do ato abaixo:

Como afirmou Carolina Cacau, do MRT, "Esse avanço na privatização é absurdo e só serve aos interesses da iniciativa privada, que em detrimento da maioria da população deseja tornar a água uma fonte de lucro privada, ao invés de um bem público. Fux está à serviço desses interesses. Veja o pronunciamento ao vivo:

Para barrar a sanha privatista dos capitalistas é necessário a mais ampla mobilização dos trabalhadores da CEDAE, que diversas vezes já se mobilizaram contra a privatização dessa empresa, e em aliança destes com o conjunto dos trabalhadores e a população fluminense. Nenhuma confiança no STF e nos outros setores desse regime pós golpe, que já mostraram que seu único interesse é no aumento dos lucros dos capitalistas.

Nesse sentido, é de fundamental importância o papel que o sindicato e os partidos de esquerda podem cumprir nesse processo, impulsionando a mobilização da categoria de trabalhadores da CEDAE. Na pandemia mais do que nunca precisamos de uma água pública e de qualidade!”




Tópicos relacionados

Cláudio Castro   /    Privatização da Água   /    CEDAE   /    Carolina Cacau #VozAnticapitalista   /    Privatização   /    Rio de Janeiro   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar