×

Privilégios | Toma lá, dá cá: Esposa de Arthur Lira (PP) recebe cargo de governo aliado à Bolsonaro

Angela Lira foi nomeada para o cargo de secretária-adjunta de Roraima, sendo que a mesma já foi apontada como funcionária fantasma em Alagoas.

quinta-feira 23 de setembro | Edição do dia

IMAGEM: Reprodução Instagram @oficialarthurlira

Em meio a uma imensa situação de fome generalizada, Angela Lira, que é esposa de Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados Federais, acaba de receber um cargo de um dos governadores aliados de Bolsonaro, Antonio Denarium (PP-RR). O cargo no caso, seria de secretária-adjunta do Estado no Distrito Federal, tendo um salário líquido de R$ 14 mil.

Tendo sido questionado sobre a capacidade da nomeada para exercer o cargo, a resposta do governo de Roraima passa por retomar sua experiência em outros cargos públicos como na própria Assembleia Legislativa de Alagoas.

No entanto, foi justamente em sua experiência ocupando um cargo na Assembleia, que se deu em meio a um escândalo e de uma das denúncias de improbidade à Arthur, já que Angela disse em seu depoimento durante a Operação Taturana que foi incluída por ele na folha de pagamento do Legislativo, sem ter desempenhado algum trabalho.

Este episódio só demonstra como o regime se fundamenta em manter e expandir os seus privilégios de sua casta política, entre burgueses, ruralistas e seus representantes, em conjunto com a aplicação de inúmeros ataques e retiradas de direitos aos trabalhadores e diversos outros setores oprimidos.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias