×

Racismo e xenofobia | Todos ao ato em justiça por Moïse Kabagambe neste sábado no Rio

Ato ocorrerá as 10h da manhã ao lado do quiosque Tropicália no posto 8 da Barra da Tijuca onde Moïse trabalhava e foi assassinado.

quarta-feira 2 de fevereiro | Edição do dia

O assassinato do jovem trabalhador congolês, Moïse Kabagambe, após este ter cobrado seu pagamento em um quiosque da Barra da Tijuca, voltou a escancarar o racismo, a xenofobia e o caráter nefasto da precarização do trabalho no Brasil. Moïse era um refugiado que veio para o Brasil fugindo da brutal guerra civil que estourou no Congo que acabou se deparando com a brutalidade racista no Brasil de Bolsonaro e da extrema direita xenófoba que incentiva crimes de ódio como esse e tantos outros já ocorreram.

O assassinato de Moïse acabou de se tornar um símbolo trágico da precarização do trabalho aprofundada pela reforma trabalhista. Ao negociar diretamente com o patrão, nos termos de um trabalho ultra precário e informal, como incentiva a reforma, Moïse, não apenas não recebeu o salário devido por seus dois dias de trabalho, como sofreu a brutalidade do ódio racista e xenófobo que a burguesia tanto utiliza para nos manter divididos entre homens e mulheres, negros e brancos, héteros e LGBTs.

Leia também: A morte de Moïse é a expressão concreta da violência ​que significa a reforma trabalhista

Frente a essa barbaridade que chocou o país, atos pelo país estão sendo convocados para esse sábado. No Rio de Janeiro especificamente, o ato ocorreu na frente do quiosque Tropicália, onde Moïse trabalhava e foi morto. O quiosque fica no posto 8 da Barra da Tijuca, e o protesto está marcado para às 10h da manhã. Nós do Esquerda Diário chamamos todos a participarem deste ato no Rio de Janeiro, assim como os atos que ocorrerão nas demais cidades como São Paulo e Belo Horizonte que já estão confirmados.

Veja também: Toda força na luta por Justiça para Moïse Kabagambe! Abaixo o racismo e a xenofobia!




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias