Mundo Operário

LATAM DEMISSÕES

Todo apoio à paralisação dos trabalhadores da LATAM: nenhuma demissão!

Na noite dessa terça-feira (6) trabalhadores da LATAM realizam paralisação contra as demissões que a LATAM quer fazer, agora contra os Despachantes Operacionais Terrestres (DOT).

terça-feira 6 de outubro| Edição do dia

A LATAM quer mandar mais 50 famílias para a rua, de trabalhadores com quem a própria empresa tinha assinado um acordo que previa, juntamente à redução de salário, estabilidade e garantia de emprego pelo menos até o fim do ano. No entanto, agora o setor está sendo terceirizado pela empresa.

A função é fundamental para a segurança do voo, operando o balanceamento do carregamento de bagagens e mercadorias no porão, o que por sua vez é fundamental para o voo seguro da aeronave.

Até agora, nenhum voo da noite decolou no Aeroporto de Guarulhos (GRU). Mas os trabalhadores alertam: devido ao papel de segurança fundamental da função, caso a empresa force as aeronaves a levantarem voo, provavelmente o processo deixará de cumprir procedimentos indispensáveis para a segurança do voo.


Voos cancelados no painel da LATAM

Todos os trabalhadores da LATAM estão sentindo na pele como a empresa quer usar a pandemia para aumentar a exploração sobre o nosso trabalho.

De fevereiro até agora foram quase 5 mil demissões. Ainda assim a empresa quer demitir e reduzir salário de mais de 1200 tripulantes. Além disso, segundo alguns trabalhadores, a exploração do trabalho está enorme e muitos não estão recebendo seus Vales Refeições, Transporte e alimentação. E ainda por cima, a ameaça de terceirização, como a quê ocorre no setor dos DOT’s, paira sobre toda a empresa.

Enquanto isso os acionistas e patrões dividem os lucros bilionários construídos com muito trabalho dos mesmos que agora são ameaçados de serem colocados na rua.

As medidas do governo Bolsonaro, com a colaboração do Judiciário e do Congresso, proporcionaram a licença e os instrumentos jurídicos para que os patrões da LATAM ataquem os trabalhadores, como a reforma trabalhista e a flexibilização brutal dos direitos trabalhistas durante a pandemia.

O "abraço" golpista serve a esses propósitos. Sob a desculpa da crise, querem descarregar sobre nossos costas o caos gerados pela sede de lucros deles mesmos.

Os DOT’s LATAM hoje usam do único instrumento que pode favorecer uma força capaz de enfrentar esses ataques dos patrões da LATAM: A união e luta independente dos trabalhadores.

Os sindicatos e todas as organizações de trabalhadores, organizações e partidos de esquerda e todas as centrais sindicais, como a CUT e a CTB, devem iniciar uma grande campanha de solidariedade aos trabalhadores.

TODO APOIO AOS DOT’S LATAM!

NENHUMA FAMÍLIA NA RUA, NENHUMA DEMISSÃO!

Se você é trabalhador da LATAM e quer se organizar para lutar, pode enviar denúncias sobre a exploração do trabalho para o Esquerda Diário que as publicaremos anonimamente.




Tópicos relacionados

LATAM   /    Abaixo as demissões na Latam!   /    Movimento Operário   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar