×

AMEAÇAS EXTREMA DIREITA | Toda solidariedade à vereadora do PSOL, Benny Briolly, ameaçada de morte pela extrema direita

Diante de ameaças, Benny Briolly, vereadora do PSOL, mulher, trans e negra, teve que deixar o Brasil nesta quinta-feira. Nos solidarizamos com Benny, é absurdo as perseguições e ataques da extrema direita reacionária que quer nos calar!

sexta-feira 14 de maio | Edição do dia

Imagem: Reprodução

Na noite desta quinta-feira, 13, a vereadora de Niterói, Benny Briolly, do PSOL, primeira parlamentar trans eleita na cidade fluminense, anunciou que teve que deixar o país por conta de ameaças de morte. Segundo nota postada em suas redes sociais, “para assegurar sua vida, o PSOL precisou tomar uma medida drástica de tirar Benny do país. O que é absurdo e incompatível com o Estado democrático”.

A vereadora Benny Briolly, mulher trans e negra, já tinha recebido ameaças em outras ocasiões e agressões verbais e quase físicas por outros parlamentares.

Nós do Esquerda Diário e MRT nos solidarizamos com Benny Briolly e o com o PSOL. Repudiamos todas as ameaças da extrema direita reacionária e asquerosa que persegue e destila ódio às mulheres, negros, LGBTs e militantes de esquerda, muitas vezes contando com a conivência dos governadores e forças políticas, como é o caso do assassinato em 2018 de Marielle Franco, também do PSOL, que segue sem resposta e que o Estado é responsável. Já não basta o autoritarismo do regime golpista com a Lei de Segurança Nacional, herança da ditadura que, mesmo reformulada, tem como objetivo perseguir aqueles que se levantam contra o poder dos mais ricos, reprimindo e calando a voz de quem questione o Estado.

Diante dos ataques e ameaças de setores da extrema direita, é também necessário que as organizações de esquerda e dos trabalhadores organizem sua autodefesa, contra ataques repressivos e da extrema direita que utiliza de ameaças e métodos reacionários para tentar nos calar.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias