Sociedade

Toda solidariedade a Samara Sosthenes, covereadora pelo Quilombo Periferico

De acordo com testemunhas, um homem de moto disparou contra a casa da covereadora de São Paulo pelo mandato coletivo do Quilombo Periférico. Esse atentado vem seguido do alvejamento a balas também da casa da covereadora Carolina Iara da Bancada feminista do PSOL, com clara motivação política.

segunda-feira 1º de fevereiro| Edição do dia

Foto: reprodução

Os dois atentados a tiros realizados nas residências de Carolina Iara e Samara Sosthenes, precedidos dias antes pela ameaça feita por um homem encapuzado sustentando símbolos religiosos ao gabinete da também vereadora do PSOL Erika Hilton escancaram a perseguição política orquestrada pela extrema direita golpista que tem como objetivo a intimidação da esquerda e a instauração de um clima de terror e medo.

É clara também a motivação transfóbica dos atentados já que os alvos foram justamente três mulheres trans que estão na Camâra dos Vereadores.

Não vai nos calar ou intimidar. Todo apoio a Samara Sosthenes e a todas as vítimas de perseguição pela direita golpista.

Pode interessar: Toda solidariedade à co-vereadora Carolina Iara do PSOL. Exigimos investigação e respostas já!




Tópicos relacionados

Samara Sosthenes   /    Carolina Iara   /    Golpistas   /    Extrema-direita   /    atentado   /    Homofobia e Transfobia   /    Sociedade   /    São Paulo (capital)   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar