Mundo Operário

NATAL

Terceirizados da saúde de Natal-RN deflagram greve contra atraso nos salários

Trabalhadores terceirizados que prestam serviço para os hospitais Walfredo Gurgel, Santa Catarina, Giselda Trigueiro, João Machado, Ruy Pereira e Maria Alice deflagraram greve nesta quinta, 16, para exigir que seus salários sejam pagos.

sexta-feira 17 de janeiro| Edição do dia

Foto: Sindsaúde-RN

Como se o trabalho terceirizado já não causasse diminuição dos direitos trabalhistas, rebaixamento salarial e impedisse a organização sindical, os terceirizados da saúde da capital do Rio Grande do Norte não estão recebendo seus salários. Os trabalhadores da empresa Safe especificamente ainda não tiveram a última parcela de seu 13°, nem o salário de dezembro do ano passado pagos.

Tomando exemplo da luta dos trabalhadores efetivos contra a negação de seus direitos por parte do prefeito Álvaro Dias (MDB), a greve dos trabalhadores terceirizados deve ser cercada de solidariedade no combate ao desmonte da saúde na cidade, assim como também fazer parte do rechaço à política de perseguição da governadora Fátima Bezerra ao direito de greve dos servidores estaduais, que também lutam pelo pagamento dos salários.

Nós do Esquerda Diário nos colocamos em solidariedade ativa e à disposição da luta desses trabalhadores para denunciar as condições absurdas da saúde na capital potiguar. Pela efetivação dos terceirizados sem necessidade de concurso público já!




Tópicos relacionados

Natal   /    Rio Grande do Norte   /    Terceirização   /    Saúde   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar