×

Denúncia | Terceirizada da Prefeitura de Votorantim/SP demite trabalhadoras e é denunciada por assédio

Na manhã de ontem, terça-feira (5), trabalhadoras, trabalhadores e sindicatos de Votorantim, a 448 km da capital São Paulo, protestaram em frente à Prefeitura contra a demissão de cerca de 35 merendeiras de escolas do município.

quarta-feira 6 de outubro | Edição do dia

Foto: Jorge Silva

Contratadas pela empresa terceirizada Golden Serviços e Empreendimentos Técnicos Ltda, as trabalhadoras teriam sido ameaçadas de demissão caso optassem por permanecer filiadas ao Sindicato dos Trabalhadores em Refeições de Sorocaba e Região (Sindirefeições TS) – entidade que representa a categoria, a investigação se dá em torno do crime de assédio moral.

As denúncias foram reunidas pelo Sindirefeições nos últimos meses. As trabalhadoras demitidas buscam reintegração e não querem se identificar por medo de represália por parte da empresa.

A empresa alega que as demissões ocorreram por “questões técnicas” e que as trabalhadoras dispensadas não atendiam “aos parâmetros da empresa”, e ainda afirma que as acusações de assédio moral “são infundadas” e que não foram apresentadas provas dessa prática. Mas as provas não são as demissões sem justificativa?

Pode interessar: Confira aqui outros casos de assédio

O Sindirefeições TS Sorocaba, que é filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT) e à Confederação Brasileira Democrática dos Trabalhadores na Indústria da Alimentação da CUT (Contac), deve exigir a imediata efetivação das trabalhadoras merendeiras sem concurso público, uma investigação independente sobre as denúncias de assédio moral e o pagamento de multa por deixar as funcionárias sem refeição, além do adicional noturno, que constam em Convenção Coletiva de Trabalho.

Nós, do Esquerda Diário, nos solidarizamos com todas as trabalhadoras e trabalhadores de Golden Serviços, que em um momento de crise generalizada sofrem com mais esse ataque da patronal.

Nos dispomos também a divulgar amplamente essa luta para que ela possa encontrar força em outras lutas que se espalham por todo o Brasil.

Mande sua denúncia através do número de telefone do Esquerda Diário:
+55 11 97750-9596




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias