×

Crise capitalista | Taxa de desemprego segue alta, em 14,1%, atingindo 14 milhões de brasileiros, aponta IBGE

Dados divulgados pelo IBGE nesta terça-feira, 31, reforça o cenário de profundo desemprego no país de Bolsonaro e militares. São mais de 14 milhões de brasileiros que seguem sem conseguir emprego enquanto o custo de vida só aumenta.

terça-feira 31 de agosto | Edição do dia

Imagem: Reprodução

Os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Estatística e Geografia (IBGE) fazem parte da Pnad - Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios.

A pesquisa divulgada hoje (31) mostrou que a taxa de desemprego no Brasil ficou em 14,1% no segundo trimestre de 2021. Uma redução mínima se comparada com a taxa do primeiro trimestre deste ano, que foi de 14,7%. Ou seja, uma diminuição de apenas 0,6 pontos enquanto a inflação nos alimentos, na conta de luz e nos combustíveis seguem uma linha crescente.

Veja mais: Basta de aumento na conta de luz! Bolsonaro, Guedes e Congresso são responsáveis

Esses 14,1% de desempregados representam 14,4 milhões de brasileiros que não possuem fonte de renda para sobreviver. A nível de comparação anual, em relação a junho de 2020, o aumento do desemprego é de 1,6 milhão de pessoas, ou ainda, um crescimento de 12,9% em apenas um ano.

Esse cenário de desemprego se insere em meio ao retorno das disputas políticas entre Bolsonaro e STF, que conflitam entre si mas estão juntos quando se trata de descarregar a crise nas costas da classe trabalhadora e da população pobre, espremendo os setores mais oprimidos entre o desemprego e o trabalho precário para que os grandes empresários possam lucrar cada vez mais.

Assista a live "O Brasil não é para amadores" hoje: Análise nacional: 7 de setembro e o manifesto dos banqueiros e da FIESP




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias