×

Permanência estudantil | “Só sonha quem tem direitos” diz estudante quilombola no I Fórum Nacional em Brasília

“Só sonha quem tem direitos” diz estudante quilombola no I Fórum Nacional de Educação Superior Indígena e Quilombola. Assista o relato completo de Lucas, estudante Universidade Federal da Bahia (UFRB), sobre a permanência estudantil indígena e quilombola no ato que ocorreu hoje em Brasília na Praça dos 3 poderes.

terça-feira 5 de outubro | Edição do dia

Assista abaixo o relato de Lucas, estudante quilombola de Museologia na UFRB e secretário nacional lgbtq+ da Conaq, sobre a permanência estudantil indígena e quilombola no ato que ocorreu hoje em Brasília na Praça dos 3 poderes parte do I Fórum Nacional de Educação Superior Indígena e Quilombola.

Frente ao governo Bolsonaro e Mourão que ataca os povos originários junto do STF, Congresso, do agronegócio e da direita, tanto com as reformas e privatizações que precarizam a vida classe trabalhadora, mas também com os cortes bilionários na educação que atingem os setores mais precários da universidades como são os estudantes que recebem assistência estudantil, em sua maioria, filhos da classe trabalhadora, indígenas, quilombolas e negros, nós da Faísca estamos acampados em Brasília com estudantes indígenas e quilombolas de todo o país em luta pela permanência estudantil no Ensino Superior.

Vemos que o projeto de sucateamento da educação e da ciência de Bolsonaro, Mourão e de todo o regime degradado do golpe institucional de 2016 destrói cada vez mais o futuro da juventude, o que querem para nós são trabalhos precários encima de uma bike para lucrarem mais e mais sob o nosso suor e miséria.

Todos os direitos conquistados pelos estudantes foi a partir de muita luta e não vamos deixar que anos arranquem o mínimo direito de estudar. Defendemos uma educação pública e de qualidade para todos, e assistência estudantil para permanência. Isso só pode ser conquistada por meio da nossa luta e da unidade entre estudantes, indígenas, quilombolas e trabalhadores.

Nesse sentido, convidamos todos os estudantes, em especial da UnB, a estarem conosco ao lado desses estudantes contra Bolsonaro, Mourão e os ataques e por permanência estudantil já!

Acompanhe, também, a cobertura completa I Fórum Nacional de Educação Superior Indígena e Quilombola (FNEIQS) pelas redes do Esquerda Diário e da Juventude Faísca.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias