×

Pandemia e compras de vacinas | Sem um plano de vacinação, Anvisa cancela contrato com Covaxin, após indícios de irregularidades

Enquanto a Anvisa- Agência Nacional de Vigilância Sanitária cancela estudos clínicos da vacina Covaxin o número de óbitos no país seguem crescendo com a margem de 551 mil pessoas mortas pelo coronavírus.

terça-feira 27 de julho | Edição do dia

Foto: Divulgação google.

Os estudos clínicos da vacina Covaxin do laboratório indiano Bharat Biotech foram cancelados pela Anvisa. O pedido de compras das vacinas Covaxin foi grande tema na CPI do covid, envolvendo suspeita de corrupção e desvios de dinheiro público. O caso segue em aberto, porém, a fabricante indiana rompeu com a empresa Precisa, que incorretamente afirmava ser representante do Brasil, a empresa segue sendo alvo de investigações.

Segundo posição da Anvisa “A decisão foi tomada após avaliação técnica de que o fim da autorização da empresa Precisa para representar a vacina no país inviabiliza o cumprimento da normativa que trata da condução dos estudos clínicos de vacinas no país.” A empresa Precisa com o aval do próprio governo estava negociando um contrato bilionário com Índia nas compras das vacina, o pedido era de 20 milhões de doses de vacinas que custaria R$1,6 bilhão. Após o ocorrido com as investigações da CPI, o contrato tomou outro rumo e além disso, os estudos clínicos da vacinas indianas e uso emergencial foram cancelados pela Anvisa.

Nesse jogo de xadrez entre CPI do covid versus governo Bolsonaro e seus aliados os únicos perdedores são os trabalhadores que seguem sem um plano universal de vacinas e os números de óbitos não param de crescer. Essa é a realidade da classe trabalhadora no governo de extrema direita de Bolsonaro e Mourão que se aproveitam da instabilidade estrutural do país para avançar com seus interesses e reformas contra os trabalhadores.

LEIA TAMBÉM: https://www.esquerdadiario.com.br/Frente-ao-escandalo-das-vacinas-e-preciso-lutar-pelo-fora-Bolsonaro-Mourao-e-militares




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias