Sociedade

PRIVATIZAÇÃO DA CARRIS

Sebastião Melo diz a empresários que irá privatizar a Carris o mais rápido possível

Em reunião almoço com a Federasul (Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul), nessa quarta-feira (24) o prefeito de Porto Alegre afirmou que existem dois caminhos: “vender a Carris ou ir acabando com as linhas da Carris.”

quinta-feira 25 de março| Edição do dia

Foto: Mateus Raugust/PMPA

A Carris é uma das únicas empresas públicas de transporte rodoviário urbano do Brasil. Durante a pandemia foi a Carris que assumiu diversas linhas de ônibus que as empresas privadas não queriam, garantindo que trabalhadoras e trabalhadores que não tiveram direito a quarentena pudessem se deslocar dos bairros. Enquanto a Carris salvava o transporte público da capital os donos das empresas privadas de transporte reduziam salários, jornadas e demitiam seus motoristas e cobradores. Tudo com o silêncio absurdo do sindicato dirigido pela UGT e Força Sindical.

Melo afirma que o sistema faliu, mas se faliu por que alguém teria interesse em comprar uma empresa assim? A Carris vem sendo sucateada de propósito há vários anos com o objetivo de ser entregue a preço de banana aos tubarões do transporte urbano de Porto Alegre. Por outro lado esses mesmos empresários que sobrevoam a Carris como urubus, receberam ainda de Marchezan um pacote de 39,3 milhões para encher seus cofres no ano passado.

Outra coisa importante que Sebastião Melo abordou foi a questão das isenções nas passagens para estudantes, que segundo ele deve ser revista: “Nós vamos ter que enfrentar um abelheiro grande que é essa questão das isenções. Não tem remédio que não seja amargo nesse tema”. Porém quando se trata das isenções milionárias que os empresários do transporte receberam até 2022 Melo não diz uma palavra.

Leia Também: Fatos que Melo oculta para vender a Carris e satisfazer os lucros dos empresários




Tópicos relacionados

Privatização dos transportes   /    Sebastião Melo   /    Crise capitalista   /    carris   /    Que os capitalistas paguem pela crise!   /    rodoviários poa   /    Desemprego   /    Sociedade   /    Economia   /    Política   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar