ELEIÇÕES 2020

"O STJD ataca os direitos de expressão de Carol Solberg", diz Diana Assunção

STJD julgou hoje Carol Solberg por seu grito de "Fora Bolsonaro, e confirmou punição a atleta, mesmo convertendo a multa em advertência.

terça-feira 13 de outubro| Edição do dia

Após uma partida em que declarou "Fora Bolsonaro" em entrevista, a jogadora de vôlei Carol Solberg havia sido punida por multa de R$1 mil por sua manifestação.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou hoje o caso da atleta, e por 3 votos a 2 decidiu manter a punição, apenas convertendo a multa em advertência.

Diana Assunção, candidata a vereadora em São Paulo pela Bancada Revolucionária de Trabalhadores, diz:

“STJD acabou de censurar os direitos políticos e de expressão de Carol Solberg. O judiciário brasileiro está literalmente abraçado com Bolsonaro, e não podemos permitir mais esse ataque realizado por esse regime político podre. Todo apoio a Carol! Fora Bolsonaro e fora Mourão!”




Tópicos relacionados

Eleições municipais 2020   /    Esporte

Comentários

Comentar