×

Marco Temporal | STF retoma julgamento do Marco Temporal mas Moraes pede vista e suspende votação novamente

Começou agora pouco a retomada do julgamento do absurdo marco temporal das terras indígenas, que está sendo apreciado pela Corte desde o final de agosto, com a continuidade do voto do ministro Kassio Nunes Marques, que é o segundo apresentar os argumentos de seu voto e que tinha sido indicado por Bolsonaro para substituir Celso de Mello. O julgamento foi suspenso uma vez mais devido ao pedido de vista do processo pelo Ministro Alexandre de Moraes.

quarta-feira 15 de setembro | Edição do dia

Imagem: Reprodução/Poder360/YouTube

O ministro Nunes Marques votou a favor do marco temporal, seguindo a tese defendida por ruralistas. Logo em seguida, o ministro Alexandre de Moraes pediu mais tempo para analisar o processo, suspendendo o julgamento por tempo indeterminado.

A votação está empatada em 1x1 neste momento, tendo o relator, ministro Edson Fachin, votado contra a medida. Os seguidos adiamentos do julgamento são uma tentativa do STF de desmobilizar os milhares indígenas que acampam e marcham em Brasília, e também organizam protestos e fecham estradas por todo o país contra o marco temporal.

Nós do Esquerda Diário também damos todo o nosso apoio a luta dos milhares de indígenas contra o Marco Temporal, ocupando Brasília, cortando rodovias por todo o país para impor que o STF não aprove o Marco Temporal, e também contra a PL 490 do Congresso, Bolsonaro e Militares.

Para nós, os indígenas mostram o caminho que a classe trabalhadora e a juventude deve seguir para derrotar Bolsonaro, Mourão, militares e todo o regime do golpe.

Seguiremos acompanhando hoje o julgamento do Marco Temporal no STF.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias