Sociedade

CATÁSTROFE AMBIENTAL

"SOS": voluntários que limpam manchas de óleo pedem socorro ao governo omisso de Bolsonaro

Voluntários que limpam as praias de Pernambuco pediram socorro em mensagem escrita nas areias da praia.

segunda-feira 21 de outubro| Edição do dia

Na manhã de hoje, voluntários que limpam as praias em Pernambuco pediram socorro ao governo. Cercados por uma grande mancha de óleo que chegou às praias do município do Cabo de Santo Agostinho, na Grande Recife, escreveram "SOS" na areia.

Segundo a imprensa regional, faltam tratores, pás, matérias de proteção como botas e luvas, para o trabalho dos voluntários que, desde que a catástrofe ambiental atingiu todo o Nordeste, estão trabalhando todos os dias para tentar desfazer o que algumas empresas capitalistas fizeram com o patrimônio natural da região.

A matéria é do "Bom Dia Pernambuco". Veja aqui o vídeo.

Enquanto voluntários trabalham dia e noite, Ricardo Salles fazia turismo no Rio de Janeiro, visitando o Cristo Redentor. É que, como Ministro do Meio Ambiente, Salles representa muito bem um governo no qual acontecem verdadeiros crimes ambientais e ninguém é punido.

Brumadinho com seus cerca de 250 mortos segue impune, assim como as queimadas na Amazônia, realizadas por garimpeiros e latifundiários. Da mesma maneira, para Bolsonaro, seus Ministros, não há grandes preocupações com mais esta catástrofe. Bolsonaro já demonstrou aliás seu preconceito contra o Nordeste em diversos momentos. Passa agora duas semanas na Ásia, demonstrando sua predisposição de perdoar e estimular os crimes ambientais cometidos pelos capitalistas no país.




Tópicos relacionados

Ricardo Salles   /    Crime Ambiental    /    Ministério do Meio Ambiente   /    Governo Bolsonaro   /    Sociedade   /    Meio Ambiente

Comentários

Comentar