Política

CORONAVÍRUS

SJC: prefeito tucano decreta fim do isolamento em plena pandemia

Felício Ramuth (PSDB) quer colocar centenas de funcionários municipais em circulação diária pela cidade enquanto casos de contaminação continuam crescendo.

sábado 16 de maio| Edição do dia

Enquanto os casos de contaminação por Covid-19 continuam crescendo no país todo, somando centenas de mortos a cada dia, em São José dos Campos, interior de SP, o prefeito Felício Ramuth (PSDB) decretou o retorno aos postos de trabalho para os servidores municipais, incluindo professores. Há pouco mais de um mês Felício ordenou o retorno ao trabalho para estagiários e professores em contrato temporário. Com o novo decreto o prefeito coloca milhares de pessoas em circulação diária pela cidade, causando inevitáveis aglomerações nas ruas, no transporte público e nos locais de trabalho.

Essa medida ocorre em pleno momento de constante ascensão vertical do número de casos de Covid-19. Segundo o boletim municipal da última semana eram 421 casos, porém outros 526 casos suspeitos aguardavam confirmação. É importante lembrar que existe uma enorme subnotificação instalada no país, devido ao baixo índice de testes.

A posição do prefeito tucano está na contramão do governo do estado, onde já se discute a preparação do lockdown, devido ao crescimento ininterrupto do número de vítimas da pandemia. Em São José, contudo, setores empresariais e bolsonaristas têm atuado pelo fim do isolamento social e pedem o impeachment do governador João Dória, mesmo partido de Felício, o que pressiona o prefeito a ceder à política assassina e negacionista de Bolsonaro, visando apenas sua possível reeleição municipal, colocando mais vidas em risco.

Contra esse absurdo o Sindserv-SJC tem organizado medidas como campanhas virtuais em defesa da quarentena remunerada para todos, além de uma Carta Manifesto e discute a organização de uma assembleia de trabalhadores para avaliar a possibilidade de uma greve em defesa da vida, da saúde e contra a política assassina de Felício Ramuth (PSDB).

Apoie essa luta, ajude essa campanha divulgando essa notícia com as # abaixo:
#EducadorasPelaVidaSJC
#QuarentenaRemuneradaEvitaMortes
#FelicioRespeiteAVida




Tópicos relacionados

Coronavírus   /    ABC paulista   /    Política

Comentários

Comentar