CELSO RUSSOMANO

Russomano deve R$ 7 milhões em aluguel e tem bens bloqueados pela justiça há 4 anos

Celso Russomano, candidato bolsonarista à prefeitura de São Paulo pelo Republicanos, deve R$7 milhões em aluguel de imóvel desde 2016 e já imóveis e carros penhorados pela justiça.

quinta-feira 22 de outubro| Edição do dia

O processo é movido pelo advogado André Silva da Mata, único representante da Construcen Administração Condominial, que cobra a dívida de Russomano, referente a mais de um ano de aluguel de um imóvel onde funcionava o Bar do Alemão.

Celso Russomano alega que sua assinatura e de sua esposa, que constam como fiadores, foi forjada e, portanto, o candidato não reconhece a dívida. Porém, o deputado bolsonarista não apenas era fiador, como sócio e proprietário de 30% do estabelecimento.

Em nota à imprensa, representantes de Russomano alegam que sim, ele era proprietário de 30% do Bar do Alemão e que a dívida de R$ 7 milhões de fato existe, mas que os equipamentos e móveis que estão no imóvel possuem valor superior a dívida. No entanto, a própria advogada de Russomano, Fernanda Gadelha de Araujo Lima, enviou à Justiça em 2018 o levantamento de que os equipamentos do restaurante estavam orçados em R$ 2,5 milhões.

Celso Russomano é um político e candidato deplorável, inimigo da classe trabalhadora, machista, LGBTfóbico, um grande golpista amigo de Edir Macedo, e que atua com direito à reprodução de cenas grotescas e humilhantes para os trabalhadores. É o possível candidato de Bolsonaro para a prefeitura de São Paulo, assumindo como eixo de sua campanha “Deus, pátria e família” para dialogar com a base conservadora do presidente de extrema-direita.

Em 2016 o Esquerda Diário já preparou uma lista com 10 motivos para não votar em Celso Russomanno. Veja agora, após eleição de Bolsonaro, mais 8 motivos para não votar nesse candidato da extrema-direita.




Tópicos relacionados

Eleições municipais 2020   /    Eleições 2020   /    Russomanno   /    Eleições São Paulo

Comentários

Comentar