ELEIÇÕES EM SP

Russomanno se aproxima de milionários, de Bolsonaro e escolhe lema "Deus, pátria e família"

Russomanno realiza seu sonho de erguer o lema "Deus, pátria e família" em pré-campanha eleitoral para prefeito em SP, se alia a poderosos ligados à Universal e busca amarrar o eleitorado obscurantista de Bolsonaro.

sexta-feira 18 de setembro| Edição do dia

Russomanno é mais uma vez a nova figurinha que vai buscar os votos da extrema direita em São Paulo. Após confirmar sua candidatura nessas eleições a prefeitura em São Paulo, vem centrando seu discurso na área de segurança pública para dialogar com o público que deseja resolver todos os problemas sociais na base do chumbo, ou seja, da violência e da repressão policial aos setores mais vulneráveis da população. Além dessa medida, tem também centrado seu discurso na proposta de implementação de escolas cívico-militares, proposta que é a menina dos olhos de Bolsonaro.

Além dessas propostas, Russomanno anunciou que o escopo de sua campanha será "Deus, pátria e família", para dialogar com o eleitorado de extrema direita e o bolsonarismo, buscando inclusive aproximação com o reacionário presidente que se alçou em base a esse discurso obscurantista, que ora mais abertamente, ora de maneira mais velada, flerta com ideais fascistoides.

Quem conhece o passado de Russomanno sabe que é tudo o que ele sempre quis. Amigo do bilionário Edir Macedo, da rede Record de televisão e da Igreja Universal, Russomanno tem poderosos aliados ligado ao que tem de mais podre no universo conservador, muitos ligados à política, e todos usando a fé das pessoas para lucrar muito. Sob o discurso de "defesa do consumidor", o candidato do Republicanos a prefeitura em São Paulo constrói uma imagem de "amigo do trabalhador". Mas vejam só:

A começar pelo seu partido: Republicanos, o mesmo partido do Flávio Bolsonaro, o das rachadinhas. É também o partido abertamente reacionário, machista, homofóbico, apoiador do golpe institucional de 2016, base aliada de governos desastrosos como o de Temer e mesmo agora o de Bolsonaro. Apoiador de medidas que destroem direitos dos trabalhadores como a reforma trabalhista, reforma da previdência e medidas que dificultaram o acesso do desempregado ao seguro desemprego. É o partido bolsão de parte das figuras mais sujas da política brasileira.

Leia mais: Amigo do bilionário Edir Macedo, da Universal, Record e dos patrões, Russomano lidera pesquisas pra prefeitura de SP

A extrema direita abre suas asinhas novamente nessas eleições. Os trabalhadores, as mulheres, os negros, os LGBTs e todo o povo podre e o povo que luta em defesa dos direitos dos trabalhadores deve enterrar essas figuras que demagogicamente tentam falar em nome dos mais vulneráveis. O lugar dessa corja é na lata de lixo da história.




Tópicos relacionados

Eleições 2020   /    Extrema-direita   /    Russomanno   /    São Paulo (capital)

Comentários

Comentar