×

RODOVIÁRIOS EM LUTA | Rodoviários de Porto Alegre se mobilizaram contra Melo e a privatização da Carris

Na manhã desta quinta-feira dia 12 de agosto, diversos de trabalhadores rodoviários se mobilizaram para bloquear parte do trânsito nas principais avenidas de Porto Alegre para lutar contra a privatização da Carris e os ataques do prefeito Sebastião Melo (MDB) que por conta de sua política de favorecer os empresários na durante a pandemia, ameaça também extinguir o cargo de cobrador e deixar milhares de famílias sem sustento.

quinta-feira 12 de agosto | Edição do dia

Muitos trabalhadores de diversas empresas se uniram no dia para protestar contra a agenda de Sebastião Melo, que visa desde o início do seu mandato ,e da pandemia, favorecer os lucros dos grandes empresários do transporte e que colocou milhares de vidas de rodoviários em risco, levando muitos a morte por causa do COVID-19 e das jornadas de trabalhos insalubres com redução de frotas além das demissões legitimadas pelas MP’s de Bolsonaro.

Os protesto percorreu diversas avenidas da cidade causando lentidão em diversos locais, tal como na Freeway, na Avenida Castello Branco, Avenida Farrapos, avenida João Pessoa e Avenida Mauá. Durante parte da caminhada, os trabalhadores caminharam nos corredores dos ônibus reivindicando melhores condições de trabalho e se colocando contra os ataques de Sebastião Mello tal como a privatização da Carris e a extinção do cargo de cobrador.

Desde o início da pandemia, os rodoviários vem sofrendo com ataques absurdos de por parte da prefeitura. Mesmo com a pandemia, Melo não deixou de atacar os rodoviários nenhum minuto com seus cortes de salários e demissões. Agora quer amadurecer seu próximo passo que é extinguir a única empresa pública de transporte do estado e entregar de bandeja nas mãos dos empresários assim como fez Eduardo Leite com a CEE, da qual ele vendeu pelo preço de um carro. Vale lembrar que Sebastião Mello é um grande inimigo dos rodoviários,pois antes de assumir a prefeitura, quando era vice de Fortunati (PDT), e desde lá já era responsável por muitos ataques a empresa pública.

A carris está na mira dos planos ultraneoliberais de sebastião Melo, e somente os trabalhadores com greves luta pela estatização 100% estatal da empresa, sob controle do próprios trabalhadores podem dar uma resposta contra esse grande golpe contra a população que Melo quer aplicar.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias