×

Manifestações 02/10 | Rio de Janeiro tem milhares de pessoas nas ruas em novo ato contra Bolsonaro

Cerca de duas mil pessoas estiveram nas ruas do Rio de Janeiro nessa manhã para protestar contra o governo Bolsonaro e as crises que assolam o país.

sábado 2 de outubro | Edição do dia

Foto: Reprodução O Dia

O ato na cidade iniciou às 10 da manhã, com a presença majoritária de estudantes, universitários, organizações de esquerda e movimentos sociais.

Com início na Candelária, mais uma vez se viu nas ruas do Rio de Janeiro disposição de luta para enfrentar o governo Bolsonaro e as crises econômica, social, sanitária e política que vem se aprofundando no Brasil.

O ato que seguiu até à Cinelândia, teve a participação de setores da direita, como o PSB e o PDT, incluindo o Ciro Gomes, que querem por fins eleitorais se apropriar das manifestações da juventude e dos trabalhadores, enquanto seguem juntos com Bolsonaro ao aprovar as reformas e privatizações que atacam a classe trabalhadora e toda a população.

Somente para citar brevemente algumas das posturas abertamente anti-operárias destes partidos, lembramos que o PSB apoiou o golpe institucional de 2016, e o PDT é o partido que convidou o reacionário Datena para compor chapa com Ciro Gomes.

Ao final do ato, na Cinelândia, já havia um palanque para que discursassem os representantes da direita, expressando toda sua hipocrisia ao falar contra Bolsonaro, mas continuar de mãos dadas com ele para aprovar os ataques contra os trabalhadores e salvar o regime do golpe.

Veja mais: 14 partidos da direita que atacam os trabalhadores aderem cinicamente aos atos contra Bolsonaro

Nós do Esquerda Diário viemos defendendo que a unidade que precisamos é a da classe trabalhadora com os movimentos sociais e todos os setores mais explorados e oprimidos do país, que são os principais atingidos pela crise social, econômica e ecológica promovida pelos capitalistas e o conjunto de seus representantes políticos.

Pode te interessar: Basta de desemprego e salários de fome! Que os grandes empresários paguem pela crise!




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias