×

SOCIEDADE | Rejeição a Bolsonaro atinge novo recorde com 52%, aponta pesquisa

Após a gestão negacionista e assassina de Bolsonaro ao lado de Mourão e os militares, levando o país a quase 600 mil mortes por COVID-19, o Presidente Bolsonaro bate recorde de rejeição dentre o conjunto da população segundo uma pesquisa do XP/Ipesbe, sendo agora mais da metade do país a rejeita-lo.

quinta-feira 8 de julho | Edição do dia

Imagem: REuter/Ueslei Marcelino

Não era de se esperar que as máscaras do Governo Bolsonaro com seus escândalos de corrupção ao lado dos militares, fossem cair e mostrar que não nos resta opção a não ser confiar nas forças da própria classe trabalhadora.

Segundo os dados do XP/Ipesbe, 49% da população está favorável a ideia de impeachment enquanto em torno de 52% desaprova o seu governo.

É importante lembrar que a saída de Bolsonaro impõe a posse de Mourão, que também é um responsável pelas quase 600 mil mortes, além de ser um general saudosista da ditadura militar e racista. Isso significa que impeachment em si não é uma saída para a classe trabalhadora, tal com o PT, junto com setores do PSOL e PCdoB, junto com diversos partidos de direita que querem convencer a população trabalhadora de que um governo de Mourão é menos nocivo do que o de Bolsonaro.

Leia também: O significado da constituição de 88 e a luta por uma nova constituinte e Como fazer para impor uma nova constituinte que seja livre e soberana?

Por isso é preciso impor uma assembleia constituinte livre e soberana imposta pela luta que possa reverter toda a obra do golpe e de Bolsonaro, não apenas mudando os jogadores mas sim as próprias regras do jogo sem aceitar que o país continue precarizado tal como quer Lula, que para se eleger no ano que vem se propondo a administrar tudo o que foi orquestrado para precarizar a vida dos trabalhadores e da população pobre.

Fonte: XP/Ipesbe




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias