×
Rede Internacional

CORRUPÇÃO | Rachadinha, não. Rachadona! Laranjas de Jair Bolsonaro retiraram R$ 551 mil em espécie

Foram divulgados na manhã desta segunda-feira (15) pelo menos quatro casos de corrupção envolvendo diretamente o presidente negacionista Bolsonaro. Um dos casos é o saque em espécie de R$ 551 mil por quatro funcionários do presidente.

segunda-feira 15 de março | Edição do dia

Imagem: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Uma investigação feita pelo UOL divulgada hoje (15) sobre o "escândalo da rachadinha” envolvendo empresas do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), revelou provas de corrupção envolvendo diretamente Jair Bolsonaro.

A partir da análise das operações bancárias, foi visto que quatro funcionários que trabalharam para Jair Bolsonaro em seu gabinete na Câmara dos Deputados sacaram R$ 551 mil em espécie. Eles receberam R$ 764 mil líquidos, entre salários e benefícios, sacando em espécie um total de 72% de seus salários.

A divulgação da investigação foi divulgada após o Ministério Público Federal recorrer da decisão que havia anulado a quebra de sigilo bancária e fiscal de Flávio Bolsonaro.

Esse caso é prova descarada da hipocrisia e demagogia de Bolsonaro quando discursa contra a corrupção. Enquanto dinheiro público é desviado para os bolsos da família Bolsonaro, a classe trabalhadora e a população brasileira amarga no desemprego e na miséria em meio ao maior pico da pandemia no país.

Leia também: Tal pai, tal filho: laranjas de Carlos Bolsonaro retiraram R$ 570 mil em dinheiro vivo




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias