Política

MINISTRO DA SAÚDE

Queiroga culpa SUS pela piora da pandemia, o mesmo SUS que Bolsonaro cortou bilhões

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, culpa o SUS pelas "dificuldades na saúde" no combate à pandemia. O ministro de Bolsonaro só deixou de dizer que o seu chefe já cortou bilhões da área, virando agente ativo na precarização do SUS e avançando numa política criminosa de precarização da saúde pública.

quarta-feira 26 de maio| Edição do dia

FOTO: JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO

Veja o vídeo mais abaixo. O ministro de Bolsonaro estava em audiência pública na Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara e, quando questionado sobre as razões da gravidade da pandemia no país, culpabilizou o SUS.

O ministro se calou sobre os cortes bilionários de Bolsonaro à pasta da saúde, se calou sobre o impacto das reformas trabalhista e da previdência sobre os serviços públicos, se calou sobre a Lei do Teto de Gastos, que estrangula a saúde pública, se calou sobre a PEC Emergencial que congela salário de enfermeiros e médicos, se calou sobre todos os ataques do governo Bolsonaro e outros ao SUS. O problema parece ter caído do céu.

- Leia mais: Bolsonaro quer eliminar saúde e educação pública com PEC Emergencial

"O nosso sistema de saúde, a despeito dos avanços que teve nas últimas três décadas, padecia de vicissitudes. Unidades hospitalares sucateadas, urgências lotadas, UTIs lotadas e filas de cirurgias para serem realizadas", disse o ministro.

Leia mais: O desgoverno Bolsonaro e a destruição da saúde pública: a necessidade de uma posição ofensiva da classe trabalhadora




Tópicos relacionados

Marcelo Queiroga   /    Ministro da Saúde   /    Crise na Saúde   /    Ministério da Saúde   /    SUS   /    Saúde   /    Política

Comentários

Comentar