×

Greve de professores | Professores de Ouro Preto(MG) entram em greve contra retorno às aulas sem condições sanitárias

Prefeitura da cidade acatou pedido do MP mineiro mas não deu nenhuma garantia sanitária de como se daria este retorno às aulas, dessa forma os professores entendem que ainda não possuem condições seguras para o retorno presencial. Aulas virtuais seguem normalmente.

quinta-feira 30 de setembro | Edição do dia

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Os Professores da cidade de Ouro Preto, Minas Gerais, decidiram por entrar em Greve Sanitária nesta quarta(29), se posicionando contra o retorno presencial das aulas na cidade. A decisão dos professores vem após a Prefeitura da cidade acatar a decisão de retorno às aulas presenciais por orientação do Ministério Público.

Os professores levam em consideração que boa parte dos profissionais da educação da cidade ainda não receberam a segunda dose da vacina e também que as escolas do município não possuem infraestrutura adequada para as aulas presenciais neste momento da pandemia.

Os servidores presentes na assembleia que decretou a greve entendem que as escolas podem se tornar um foco da transmissão e o risco de propagação da doença pode ir além da comunidade escolar, atingindo também os familiares dos educadores e alunos. Por isso, colocam como exigência a reforma e adequação de escolas e creches, para que estas tenham condições de receber os estudantes e os trabalhadores com segurança.

Segundo o Sindicato, as aulas onlines seguem normalmente como tem acontecido em toda a pandemia, o que não atrapalha o prosseguimento do ano letivo dos estudantes.

Assista: Fernando Cássio e Marcella Campos fazem importante debate sobre o Novo Ensino Médio




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias