Internacional

ÁFRICA CENTRAL

Presidente do Chade é morto, poucos dias após sua reeleição

Idriss Déby estava desde 1990 no poder, e foi morto ao visitar um campo de batalha, afirma o General Agouna, porta-voz do exército. Com a Assembleia e a Constituição dissolvidas, quem irá assumir o poder é o filho de Déby, Mahamat, também General.

terça-feira 20 de abril| Edição do dia

Idriss Déby estava desde 1990 no poder, e foi morto ao visitar um campo de batalha, afirma o General Agouna, porta-voz do exército. Com a Assembleia e a Constituição dissolvidas, quem irá assumir o poder é seu filho, Mahamat, também General.

O país passa por uma forte turbulência, após o suposto assassinato do presidente, a cúpula militar impôs suas próprias leis, dissolveu a Assembleia Legislativa e a Constituição, foi dado toque de recolher e as fronteiras estão fechadas.

O presidente era um forte aliado do imperialismo francês, inclusive Macron anunciou que “a França perdeu um grande amigo”. A Casa Branca prestou condolências ao General, ao mesmo tempo que sinalizou que a transição do poder nessa situação deve se dar pela Constituição de Chade, o que certamente não é a linha da alta cúpula do Exército.




Tópicos relacionados

Internacional   /    África   /    Internacional

Comentários

Comentar