×

Em Criciúma | Prefeito homofóbico demite professor que passou clipe de Criolo na aula: ‘Viadagem não’

Homofobia e censura sem limites. O prefeito Clésio Salvaro (PSDB), de Criciúma, demitiu professor de artes da rede municipal de ensino por exibir o clipe da música Etérea, do cantor Criolo.

sexta-feira 27 de agosto | Edição do dia

O prefeito de Criciúma (SC), Clésio Salvaro (PSDB), anunciou nesta quarta-feira (25) a demissão de um professor de artes da rede municipal de ensino que fez a exibição em sala de aula de um clipe da música Etérea, do cantor Criolo, que trata de temas LGBTQIA+.

O prefeito chamou o clipe de "viadagem" em vídeo divulgado nas redes sociais, e pediu para que os pais denunciassem se atividades como essas ocorressem nas escolas em que seus filhos estudam.

"Não permitimos, não toleramos, está demitido o profissional. Nas escolas do município, enquanto eu estiver aqui de plantão, isso não vai acontecer, esse tipo de atitude, essa ’viadagem’, na sala de aula, nós não concordamos. E se os pais souberem de algo parecido que foi exposto para seus filhos, por favor, entrem em contato com o município." Afirmou o prefeito.

Essa homofobia é repugnante. Além de promover explícito preconceito e discriminação contra a população LGBT, o prefeito tucano ainda promove censura dentro da sala de aula.

O clipe e o documentário lançado com a canção têm a participação de representantes de coletivos LGBTQIA+ nacionais. A letra da música destaca a necessidade da quebra de padrões e que hajam mais discussões sobre o tema, e defende a liberdade de amor sem imposições.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias