×

USP | Portaria da USP autoriza, a critério do dirigente, retorno presencial de não imunizados

A Portaria GR 7671, de 19 de agosto de 2021, mas republicada hoje (20) devido a incorreções, permitirá que a critério dos dirigentes de cada unidade, docentes, alunos e funcionários, mesmo não vacinados com as duas doses, sejam obrigados a voltar às suas atividades presenciais, aprofundando o autoritarismo da reitoria.

sexta-feira 20 de agosto | Edição do dia

Depois de no dia 11 de agosto a comunidade USP foi surpreendida com o anúncio na imprensa de retorno das atividades presenciais em todos os campi da universidade, a Portaria 7671 vem aprofundar a arbitrariedade e o autoritarismo da reitoria, sob o comando de Vahan Agopyan, que pouco se preocupou com a segurança dos funcionários efetivos ou, pior ainda, com a segurança dos milhares de trabalhadores terceirizados durante a pandemia.

Não deveria ser a reitoria que impusesse de forma unilateral este retorno inseguro, sem adequação de condições sanitárias para o retorno nem nos locais de trabalho, nem de estudos da universidade. O retorno das atividades deveria ser decidido a partir da auto-organização dos 3 setores, decidindo democraticamente como e quando esse retorno se daria.

Leia também: Retorno presencial na USP: a comunidade universitária deve decidir e unir sua luta com a população




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias