Sociedade

VIOLÊNCIA POLICIA

Policial de folga mata jovem com 4 tiros pelas costas no Rio de Janeiro

A justificativa mentirosa da PM é de que o jovem teria colocado a mão na cintura de forma suspeita, porém os 4 tiros foram dados pelas costas, o que evidencia um caso claro de execução.

sexta-feira 13 de novembro| Edição do dia

Na Zona Oeste do Rio de Janeiro, um jovem de 20 anos foi assassinado ontem (12/11) por policial de folga no Rio de Janeiro. De acordo com informações extremamente suspeitas da própria polícia, Thiago Azevedo estaria com objeto que simularia arma de fogo e reagiu à abordagem. Trata-se de uma mentira escrachada, levando em consideração que todos os tiros foram dados pelas costas.

Nesse sentido, segundo a família e outras testemunhas, o policial não teria interpelado, revistado ou feito qualquer outro tipo de ação diretamente com a vítima antes de executá-lo.

O próprio policial confessa ter dado os tiros, alegando que Thiago teria colocado as mãos na cintura de forma “suspeita”. Isso demonstra que na periferia basta apoiar a mão na cintura para ser morto pela polícia

Dessa forma, o caso escancara a finalidade desse grupo de assassinos fardados do Estado que é a PM: matar de forma covarde a juventude trabalhadora do nosso país.

Com informações do Portal G1.




Tópicos relacionados

Sociedade   /    Violência policial   /    Rio de Janeiro

Comentários

Comentar