×
Rede Internacional

PEZÃO | Polícia Federal suspeita que Pezão recebeu propina do grupo de Cabral

quinta-feira 9 de fevereiro de 2017 | Edição do dia

O nome do governador aparece no documento em seis planilhas de contabilidade apreendidas na casa de Luiz Carlos Bezerra, preso acusado de ser o operador financeiro da suposta organização criminosa liderada pelo ex-governador Sérgio Cabral.

As anotações se referem a propinas de 140 mil reais e de 50 mil reais pagas pelo grupo de Sergio Cabral, (PMDB), ex-governador do RJ, preso em Operação da Lava-Jato, ao governador. As datas dos pagamentos não são especificadas claramente.

Reprodução das anotações

Esse fato se deu um dia após Pezão ter seu mandato caçado pelo TSE, apesar de continuar exercendo o cargo de governador, mediante a possibilidade de recurso.

Enquanto isso ataca brutalmente os trabalhadores do Rio, atrasando salários e direitos há meses, privatizando a companhia de águas do estado (CEDAE) e reprimindo de forma brutalmente truculenta a luta dos trabalhadores, como fez nessa quinta.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias