×
Rede Internacional

PETROBRAS | Petroleiros do Rio de Janeiro realizam atrasos contra privatizações e governo

Como parte das denúncias das privatizações na Petrobras e do absurdo nível de desemprego no Rio de Janeiro, e como parte da construção das ações nos locais de trabalho rumo ao 19J ocorreram paralisações parciais organizadas pelo Sindipetro-RJ em algumas unidades da Petrobras no Rio de Janeiro nesta quinta (17/06).

quinta-feira 17 de junho | Edição do dia

Manifestação no Terminal Baía de Guanabara

Estas manifestações ocorreram no Terminal Baía de Guanabara, na capital, em Angra dos Reis e no Comperj, em Itaboraí.

Na paralisação do Terminal Baía de Guanabara, houve ampla adesão, com todos os terceirizados participando juntos aos efetivos. Além disso, desempregados e moradores da Ilha do Governador também estiveram presentes, se manifestando por emprego. Ali, participaram mais de 100 trabalhadores, que se solidarizaram com os petroleiros da Petrobras Biocombustíveis (PBio), que realizaram greve contra a privatização, e discutiram sobre a situação da Petrobras e do país, além de convocarem todos a estarem presentes nos atos do 19J contra Bolsonaro.

Leia também: Contra a privatização, trabalhadores do sistema Eletrobras entram em greve nesta terça

Amanhã (18/06) estão marcados protestos e atrasos em diversas unidades da Petrobras no Rio de Janeiro e em vários estados. Neste cenário, é fundamental que os trabalhadores imponham as centrais sindicais, especialmente CUT e CTB, que unifiquem a luta dos trabalhadores, como os petroleiros e os trabalhadores da Eletrobras que estão em greve contra a privatização, com a juventude que luta contra os cortes nas universidades federais. É preciso lutar contra Bolsonaro, Mourão e os militares agora, não se pode esperar até 2022 e fazer conchavos com a velha direita visando as eleições, como Lula tem feito.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias