×

Violência Policial | Pesquisa em favelas do Rio constata aumento de violência policial durante a pandemia

Levantamento feito no conjunto de favelas da Maré, no complexo do Alemão e na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, apontou que 83% dos moradores dessas comunidades ouviram tiros de dentro de suas casas durante a pandemia.

segunda-feira 27 de setembro | Edição do dia

Imagem: Fernando Frazão/EBC

Levantamento feito no conjunto de favelas da Maré, no complexo do Alemão e na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, apontou que 83% dos moradores dessas comunidades ouviram tiros de dentro de suas casas durante a pandemia. Além disso, sete em cada dez informaram terem presenciado ou souberam de operações policiais nessas áreas durante o período. O estudo mostrou ainda que quase três quartos dos moradores afirmaram sentir que houve aumento do número de casos de violência doméstica desde o início da pandemia.

Os dados fazem parte da pesquisa "Coronavírus nas favelas: a desigualdade e o racismo sem máscaras". Realizada pelo coletivo Movimentos, a pesquisa contou com apoio do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC) e entrevistou 955 moradores das três regiões.

O levantamento também apontou que 93% dos moradores dessas favelas teve ou conhece alguém que contraiu o coronavírus. E a dificuldade em manter isolamento social pode ter contribuído para isso.

Segundo a pesquisa, mais da metade dos moradores entrevistados (54%) informou que não conseguiu manter o distanciamento social. Na média, três pessoas têm de dividir o mesmo cômodo das casas nas favelas entrevistadas. Na pesquisa, 55% dos que responderam informaram morar com alguém que integra grupo de risco.

Com informações da Agência Estado.

Leia também: Entre 30 milhões de trabalhadores que vivem com até um salário mínimo, 20 milhões são negros




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias