Sociedade

PERNAMBUCO

Pernambuco bate recorde de mortes por covid19 com quarentena irracional de Paulo Câmara do PSB

terça-feira 30 de março| Edição do dia

Pernambuco está batendo recorde seguido de recorde nos números da pandemia Só as mortes nas últimas 24 horas chegaram a 74 e as novas infecções a 2.233. O estado governado por Paulo Câmara (PSB) e Luciana Santos (PCdoB) está numa curva ascendente de mortes e novos casos de infecções por covid, o que vai na contramão da propaganda política fajuta do governo estadual de que a pandemia vem sendo tratada com racionalidade.

Ao contrário, para salvar os lucros dos grandes capitalistas no estado, o governo do PSB-PCdoB ao invés de contratar mais funcionários da saúde, abrir mais leitos, converter a indústria não essencial para produzir insumos, testes e respiradores, não fez nada de efetivo diante do já sabido aumento dos casos de covid-19. As propagandas televisionadas pelo governo nos mais diversos canais de comunicação insistiam e ainda insistem cinicamente em responsabilizar a população pela situação (população essa que precisa sair de casa e trabalhar, colocando sua vida em risco para ter o que comer), lançando a polícia racista e assassina do estado contra a juventude, os pobres e negros nas periferias.

Há pouco mais de semana, diante da escalada do número de casos e lotação dos leitos da UTI, Paulo Câmara resolveu impor uma quarentena completamente irracional, que mantém serviços não essenciais como o telemarketing, fábricas, entre outros setores em que os trabalhadores continuam trabalhando aglomerados, funcionando normalmente. Mais além disso, o governo estadual deu aval à política criminosa das empresas de ônibus da Grande Recife que resolveram, perversamente, reduzir as frotas dos ônibus expondo os tripulantes a viagens superlotadas e com alto risco de contaminação, tudo isso em nome de lucros completamente obscenos.

Ou seja, uma quarentena irracional e sem garantir nenhum tipo de sustento para a população pobre e trabalhadora ficar em casa. O afilhado político de Paulo Câmara e prefeito de Recife, João Campos, membro da oligarquia política que controla o estado, na questão do auxílio resolveu fazer diferente: está pagando o valor vergonhoso de 50 reais, dinheiro que não compra um botijão de gás, para setores da população da cidade de Recife ficarem em casa. Um escárnio completo com a vida da população!

É preciso rechaçar a política burguesa do PSB e PCdoB que tentam se postular como oposição “racional” a Bolsonaro enquanto governam pros grandes empresários, não se importando com vida da população; além de aplicarem junto com a direita golpista os ajustes que tiram verba da saúde e educação, a âmbito estadual e também nacional. É preciso repudiar a política de desmonte da saúde e terceirização desses partidos em Pernambuco. Importante destacar que os trabalhadores terceirizados da saúde estão sem receber seus salários em todo o estado, em pleno auge da pandemia.

Apenas os trabalhadores, diante da situação calamitosa em que vivemos, completamente abandonados por todos os atores políticos desse regime podre fruto do golpe de 2016, só nós trabalhadores através de nossa própria força e luta é que podemos dar uma saída de conjunto para a berlinda infernal em que nos encontramos. Por tudo isso, nós do Esquerda Diário dizemos que Bolsonaro, governadores, STF e Congresso são responsáveis e chamamos a lutar por uma Assembleia Constituinte Livre e Soberana para mudar tudo que está aí.




Tópicos relacionados

MORTES COVID-19   /    Pernambuco   /    COVID-19   /    Pandemia   /    Nordeste   /    Sociedade

Comentários

Comentar