Gênero e sexualidade

GRUPO DE ESTUDOS DF

Pão e Rosas DF convida grupo de estudos regional do curso Mulheres Negras e Marxismo

Pão e Rosas DF e Centro Oeste convida todes a participarem do grupo de estudos regional do novo curso do Campus Virtual do Esquerda Diário, Mulheres Negras e Marxismo. O grupo iniciará dia 10/04 às 16h via GoogleMeet, o primeiro encontro contará com a presença de Letícia Parks e o tema debatido será o da primeira aula do curso: “Opressão e Exploração''. Participe!

sábado 3 de abril| Edição do dia

Imagem por Nicolle Gonçalves; desenho por Isadora Romera e Filipe Souza

O Pão e Rosas DF e Centro Oeste, grupo de mulheres socialistas, formado por trabalhadoras, estudantes e estudantes da UnB, convidam a todas, todos e todes do DF e região para o grupo de estudos do curso Mulheres Negras e Marxismo oferecido gratuitamente pelo Campus Virtual do Esquerda Diário, ministrado por Letícia Parks, co-organizadora do livro. O grupo de estudos terá início no dia 10/04, sábado, às 16h via GoogleMeet, o primeiro encontro contará com a participação de Letícia Parks. Imperdível!

Saiba mais: Vem aí curso online “Mulheres Negras e Marxismo”

A primeira aula do curso estará disponível no dia 06/04 às 20h, abordando o tema “Opressão e Exploração”. Se inscreva aqui para assistir as aulas e ter acesso a bibliografia. Para comprar o livro, acesse o site das Edições Iskra aqui.

Junte-se a nós e venha participar!!!

Confira o cronograma das aulas e dos debates do grupo de estudos (as primeiras datas são referentes às aulas e as segundas datas ao grupo de estudos):

06/04: Opressão e exploração / 10/04 às 16h
13/04: Luta negra e luta de classes / 17/04 às 15h
20/04: Negras no topo? 02/05 às 15h
27/04: Mulheres negras e estratégia socialista - 08/05 às 15h

Se você é do Distrito Federal ou região e quer participar, mande uma mensagem para (61)99903-2711 - Luiza




Tópicos relacionados

Gênero e Sexualidade   /    Campus Virtual   /    DF - Brasília   /    UnB   /    Pão e Rosas   /    mulheres negras   /    Universidade de Brasília   /    Brasília   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar