×

CORONAVÍRUS | Pandemia no Brasil: 373 mil mortos e 3 anos a menos de expectativa de vida em alguns estados

Neste final de semana o Brasil chegou à triste marca de 373 mil mortos por COVID-19, com uma média móvel de mortes acima de 2 mil por mais de um mês seguido. Esta situação de calamidade está retirando mais de 3 anos de expectativa de vida dos brasileiros em vários estados do país.

segunda-feira 19 de abril | Edição do dia

Imagem: Amanda Perobelli/Reuters

Neste domingo (18) o Brasil registrou 1.553 mortes em 24h, fechando a semana com uma média móvel de 2.878. A situação da pandemia, agravada pela fome, desemprego e falta de saneamento básico, já está diminuindo a expectativa de vida dos brasileiros.

- Basta de 3 mil mortes todos os dias: precisamos de um plano emergencial já contra a crise

A região do Nordeste é a mais afetada neste quesito, com o Amapá registrando uma retirada de 3,62 anos na expectativa de vida da população, seguido por Roraima, com 3,43 e Amazonas com 3,28.

Enquanto isso: "Tem certas doenças que não morre mais ninguém", ironiza Bolsonaro sobre as mortes por COVID

O Distrito Federal, por sua vez, é o local mais afetado: redução estimada em 3,68 anos. No estado de São Paulo a perda é de 2,17 anos. A média geral de todo Brasil é uma redução de quase 2 anos: 1,94. A política genocida de Bolsonaro e dos militares e a demagogia dos governadores e todos os golpistas está retirando a vida da população brasileira, especialmente dos trabalhadores e mais pobres.

Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), será a primeira redução nesse indicador desde 1940. Os dados aqui apresentados estão em estudo do Departamento de Saúde Global e População da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard, liderado pela pesquisadora brasileira Marcia Castro.

Veja também: Não é com a CPI do STF golpista que derrotaremos Bolsonaro, mas com a luta dos trabalhadores




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias