Política

PCdoB lança “Bolsonaldo” como candidato a vereador em Marituba no Pará

No Vale-tudo eleitoral dos partidos de conciliação, PCdoB lança Enaldo, “Bolsonaldo”, para vereador em cidade no Norte do país

quinta-feira 15 de outubro| Edição do dia

Depois de no congresso, o PCdoB ter votado por unanimidade a favor do PL 1581/2020, que isentava dívidas tributárias das igrejas com a Receita Federal, que totalizava R$ 1 bilhão em anistia, depois de o PCdoB ter saído coligado com o PSL em 70 cidades, agora decidem que está na hora de terem a sua própria caricatura de Bolsonaro concorrendo nas eleições municipais.

Enaldo Rodrigues Araújo, o “Bolsonaldo”, surfa no recente crescimento de popularidade do presidente de extrema direita para tentar se eleger. Por sua aparência anteriormente às eleições, Bolsonaldo já era chamado e conhecido na cidade por este nome, hoje ele se orgulha de tirar foto com moradores da região que apoiam Bolsonaro.

O candidato do PCdoB, quando questionado sobre a posição política, se declarou como “alguém que é do povo”. Completou ainda “Não me considero nem de direita nem de esquerda. Sou neutro. Escolhi o PCdoB porque o candidato a prefeito do partido é meu amigo e fizemos esta parceria. Eu sou do povo, a minha luta não é partidária”.

O oportunismo do PCdoB não tem limites, são capazes de lançar um candidato cujo principal de sua campanha é a tentativa de surfar na figura daquele que teoricamente este partido lutaria contra. É uma vergonha que o Partido Comunista do Brasil lance uma candidatura que se cole com uma figura com declarações como "o erro da ditadura foi torturar e não matar" e “por isso o cara paga menos para a mulher (porque ela engravida)”.

Mais uma vez o PCdoB se mostra enquanto um partido de conciliação de classe, que está mais interessado em fazer parte do regime do golpe institucional do que defender os anseios da classe trabalhadora.

Leia também: Erra a esquerda que quer administrar o regime do golpe, em vez de enfrentá-lo




Tópicos relacionados

Eleições municipais 2020   /    Vale Tudo eleitoral   /    Eleições 2020   /    Governo Bolsonaro   /    PCdoB   /    Política

Comentários

Comentar