×

DANOS AO TRABALHADOR | Operária é proibida de usar o banheiro em fábrica em Novo Hamburgo e trabalhadoras protestam

Jovem operária da fábrica de Calçados Zenglein, de Novo Hamburgo (RS), foi proibida de usar o banheiro em seu turno e realizar suas necessidades fisiológicas, gerando uma situação humilhante para a trabalhadora. As trabalhadoras realizaram um protesto na porta da fábrica contra essa situação execrável. Na cabeça dos patrões só passa o lucro que perdem nos minutos e segundos que as operárias estão no banheiro, pois o lucro pra eles é mais importante do que a saúde e a vida das trabalhadoras.

terça-feira 29 de junho | Edição do dia

Foto: Matheus Chaparini – Jornal NH

Na tarde da última quinta-feira(24), na fábrica de Calçados Zenglein, que fica na cidade de Novo Hamburgo (RS), uma jovem operária foi proibida de usar o banheiro e satisfazer suas necessidades básicas em meio ao seu turno.

A operária, de 19 anos, passando por essa situação deplorável, não conseguiu se segurar e acabou urinando nas próprias calças. Ela disse que estava trabalhando em uma esteira da produção e pediu à supervisora para ir ao banheiro, mas ouviu que a chave não estava no local. Outros colegas também pediam para usar o sanitário. Em seguida ela pediu e, novamente, ouviu a mesma resposta.

“Na terceira vez, eu falei que não estava mais aguentando, estava muito apertada e não ia conseguir esperar. Ela não deu bola. Eu não me aguentei e acabei me mijando. Ela chegou lá, deu risada. Depois que eu tinha feito, ela disse que eu podia ir ao banheiro".

Esse é seu primeiro emprego de carteira assinada. Para piorar, a jovem se viu forçada a passar em frente aos colegas, para chegar no setor de Recursos Humanos e pedir a sua liberação. Após a liberação, a jovem foi obrigada a voltar para casa a pé, sem com que a empresa oferecesse um automóvel para leva-la em casa. Vestindo a mesma roupa, caminhou por cerca de 30 minutos da empresa até o bairro Kephas, onde mora. "Eu me senti constrangida. Fui para casa chorando, ainda suja. Só passava na minha cabeça que eu não queria mais voltar ali."

De forma cínica, em ofício de duas páginas, a empresa diz que a situação “foi de uma infelicidade ímpar”, e que “trata-se de caso isolado sem que a empresa pudesse ter evitado”, tentando diminuir a situação e se eximir da culpa e responsabilidade por esse caso de desumanidade.

Essa não é a primeira vez que essa situação acontece nesta fábrica. Muitas mulheres também sofrem com incontinência urinária . Mas, na empresa é preciso pedir a chave para ir ao banheiro, que é o sistema de esteira, na qual cada operária tem que esperar a sua vez ou chamar a auxiliar, chamada de "coringa". Essa medida detestável e repugnante só escancara a ganância do patrão, que não tem consideração nenhuma pela saúde e pela vida das trabalhadoras, e não quer que nenhuma operária saia da linha de produção, mesmo que isso signifique apenas alguns poucos minutos no banheiro. Na verdade, para o patrão, cada segundo e cada minuto que ele explora a mais-valia destas trabalhadoras é mais importante do que a vida e a saúde delas.

Em forma de protesto, as trabalhadoras da fábrica realizaram um ato de repúdio ontem (28) na porta da fábrica da Zenglein e Cia LTDA, no bairro São José. O ato aconteceu no intervalo de turno das operárias e reivindicava o fim da chave do banheiro. Algumas trabalhadoras utilizavam fraldas, para protestar contra essa situação, e haviam cartazes escritos “fralda não” e “chega de chave”. Veja as imagens abaixo:


Fotos: Matheus Chaparini – Jornal NH

Veja sobre o encontro virtual do Esquerda Diário, uma mídia que busca ser um espaço onde os trabalhadores tenham voz para denunciar e se organizar contra essas medidas absurdas dos patrões: Esquerda Diário faz encontro virtual com mais de 200 trabalhadores de todo o país

"Meu marido ficou sem salário e só o Esquerda Diário me ajudou", diz trabalhadora em Encontro

"O Esquerda Diário não me deu somente força, mas também um caminho", diz metroviária de SP




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias