Logo Ideias de Esquerda

Logo La Izquierda Diario

SEMANÁRIO

O legado de Trótski para a luta negra

Leticia Parks

O legado de Trótski para a luta negra

Leticia Parks

Trótski deu enormes contribuições para a questão negra. Ele disse que “os negros conscientes estão convocados pelo desenvolvimento histórico a se tornarem a vanguarda da classe trabalhadora”. Disse isso dentro do contexto dos anos de 1930, marcados por uma crise histórica que culminaria na segunda grande guerra e no momento em que a União Soviética vinha se burocratizando. Esse grande revolucionário vai seguir seu combate de toda a vida contra essa burocratização e contra as revisões grotescas do marxismo levadas adiante pelo stalinismo, e tudo isso tem a ver com a luta negra, e por isso nesse vídeo, Letícia busca recuperar esse legado de Trótski sobre a questão negra respondendo a pergunta "Por que Trótski?".

Uma pergunta que percorre esse legado dos EUA dos anos 1930, onde a divisão racial era ainda mais profunda do que é hoje, onde Trótski defendia incansavelmente o apoio incondicional do marxismo revolucionário ao povo negro e suas demandas contra a opressão e a exploração. Ali, ele manifestou várias vezes a sua convicção de que os negros e negras estariam na linha de frente da revolução socialista, assim como estiveram na linha de frente de todas as grandes viragens históricas do capitalismo.
Hoje, a enorme luta negra que marcou esse ano de 2020 parece ser uma confirmação dessa tese, e nesse contexto, é possível aplicar a enorme contribuição da teoria da revolução permanente, assim como a concepção de partido revolucionário de combate ao capitalismo, uma síntese a que chegam Trótski, Lênin e Luxemburgo.

Iniciada nos Estados Unidos, essa luta sacudiu a principal potência mundial e segue impactando em todos os continentes, inclusive aqui no Brasil governado pela extrema direita de Bolsonaro, e coloca enormes desafios para o movimento revolucionário buscando reconectar lutas inseparáveis: a luta negra e a luta de classes.

veja todos os artigos desta edição
CATEGORÍAS

[Trotskismo]   /   [mulheres negras]   /   [Questão Negra]   /   [Leon Trótski]   /   [Teoria]

Leticia Parks

Dirigente do Quilombo Vermelho
Comentários