×
Rede Internacional

ORIENTE MÉDIO | O Estado de Israel ataca a Síria com mísseis perto de Damasco

A Síria sofreu um novo ataque de míssil israelense nos arredores de Damasco durante a noite de domingo, de acordo com uma fonte militar e a agência de notícias oficial síria Sana.

terça-feira 2 de março | Edição do dia

Em uma nova e flagrante violação da soberania síria, o Estado colonialista e sionista de Israel bombardeou vários alvos com mísseis nas proximidades de Damasco, capital do país árabe.

"Nossas defesas antiaéreas enfrentam mísseis da agressão israelense no céu de Damasco e derrubam alguns deles", relatou Sana depois que as primeiras explosões foram ouvidas na capital e algumas imagens do ataque foram transmitidas.

A agressão partiu do Golã ocupado pelo Exército israelense na direção dos alvos em torno de Damasco e as defesas derrubaram a maioria deles, confirmou uma fonte militar à Efe.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos, uma organização com sede no Reino Unido e com uma ampla rede de colaboradores no terreno, disse em nota que o ataque foi dirigido em torno da área de Al Sayeda Zainab, ao sul da capital síria. É, disse ele, "um bastião da Guarda Revolucionária Iraniana e do Hezbollah libanês".

A ação ocorreu apenas dois dias depois que os Estados Unidos lançaram outro bombardeio contra milícias apoiadas pelo Irã, neste caso iraquianas, em um alerta a Teerã no qual entre um e 22 combatentes foram mortos, segundo fontes.

Israel frequentemente ataca alvos do exército sírio e milícias libanesas ou iranianas aliadas em território sírio.

O ataque anterior ocorreu em 15 de fevereiro também nas proximidades de Damasco e, segundo o Observatório, causou a morte de nove milicianos pró-iranianos.

O ataque mais agressivo com o maior número de mortos ocorreu em janeiro passado, na província oriental de Deir al Zur, no qual pelo menos 57 pessoas morreram, incluindo soldados do governo e milicianos pró-iranianos.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias