×

COVID 19 | Nova variante de covid “IHU” é detectada na França fruto da irracionalidade capitalista

Uma nova cepa de SARS-Cov-19 foi detectada pelo Instituto Mediterrâneo de Infecção do Centro Hospitalar Universitário, no sul da França, denominada B.1.640.2 ou “IHU”. Apresenta 46 mutações e 37 deleções genéticas (alterações cromossômicas), sendo 9 na proteína “spike”, utilizada para se prender às células humanas. O país já registrou 12 casos desta nova variante.

quinta-feira 6 de janeiro | Edição do dia

A nova variante não mostra sinais de que seja mais letal ou contagiosa que outras cepas, mas ainda deve ser avaliado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) entre variantes de interesse ou de preocupação, como é o caso da ômicron.

Segundo o artigo assinado pelo professor Philippe Colson e publicado na revista científica digital medRxiv, os cientistas franceses apontam que a variante tem provável origem em Camarões, de onde saiu de viagem a primeira pessoa detectada com a nova cepa, um homem totalmente vacinado e que apresentou somente sintomas leves.

As novas variantes da covid-19 expressam a irracionalidade capitalista, que surgem justamente nas regiões onde a cobertura de vacinação não tem amplo alcance, como em Camarões, onde tem somente 3% da população vacinada e será sede da copa africana de Nações, enquanto em países europeus e em outras partes do mundo está sendo distribuindo a terceira dose, e a cobertura chega até os 90%, como em Portugal. Ou seja, essa crise sanitária é responsabilidade dos monopólios privados de saúde que lucram com as vacinas e monopolizam bilhões de vacinas, deixando para trás a maioria da população de países pobres. Diante disso é urgente defender a quebra das patentes e vacinas para todos, porque somente os trabalhadores da produção de vacinas podem estudar, determinar e controlar para colaborar ao acesso universal.

Leia mais: Novas variantes da pandemia e o velho racismo e espoliação da África




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias