×

Nota da Faísca Revolucionária - HH do Orgulho

sábado 2 de julho | Edição do dia

NOTA DA FAÍSCA REVOLUCIONÁRIA - HH DO ORGULHO

Nós da Faísca, do grupo de mulheres Pão e Rosas e estudantes do Serviço Social que viemos batalhando nessa última semana pra realizar uma HH para celebrar nosso orgulho LGBTQIAP+ nesse ano de tanto ataque, e não passar essa data na invisibilidade, queremos colocar algumas questões.

Em primeiro lugar, não compartilhamos da visão de que o CASESO é apenas a sua gestão, seja qual for. Ainda que sua gestão seja parte fundamental, já que as discussões políticas são extremamente importantes. Para nós o CASESO somos todes nós, são todes estudantes, negres, mulheres, LGBTQIAP+ e indígenas do SeSo, e é aí que está a sua força. Então quando nós, que conhecemos muitos de vocês, nos juntamos pra fazer essa HH do Orgulho nos vimos como parte do CASESO, pra trazer vida e movimento e luta para esse espaço, para somar e não passar por cima.

Também não acreditamos em um movimento estudantil onde apenas as gestões de CA possam realizar atividades, e sim defendemos uma concepção livre e democrática onde todes estudantes e organizações que compõem possam realizar livremente suas atividades pra se organizar pelos seus direitos, contra a Reitoria e o governo. Não vemos melhor espaço para todes nós, especialmente os setores mais oprimidos e atacados, do que o Centro Acadêmico, que é de todes, e um espaço de acolhimento, segurança e subversão, justamente por isso Bozo diz que são ninhos de rato.

Acreditamos que todes devem organizar atividades nesses espaços, e nos surpreendemos muito quando a gestão negou o seu apoio, inclusive foram contra realizarmos nossa atividade sobre direito ao aborto no CASESO.

Não acreditamos em dividir o movimento estudantil e apoiamos todas as iniciativas que ocorrem, não fazer isso apenas abre espaço para o ataque da Reitoria, governo e estado contra os que querem lutar pelo direito ao lazer na UNB e pela livre sexualidade de nossos corpos. Sempre batalhamos para construir e estar juntes às atividades chamadas pelo CASESO.

Frente a isso, nos reunimos para conversar com a gestão do CASESO e nos surpreendemos com a nota pública alegando que nossa HH era irresponsável e desrespeitosa. Inclusive, soubemos que gestão do CASESO está apoiando o HH do CAHIS, e propusemos unificar com o HH que rolará lá hoje, justamente para ter mais força a luta pelo, contra os ataques dos governos e Reitoria, porém não aceitaram. Ainda assim, não queremos desistir da HH do Orgulho porque acreditamos que precisamos desse espaço e celebrar a luta de todes aqueles que lutaram antes pelo nosso direito de existir. Nesse sentido, buscando a unidade, propusemos adiar nosso HH, e chamamos a gestão do CASESO para realizarmos uma reunião aberta com todes do curso que queiram fazer uma grande HH do Orgulho em unidade na semana que vem.

Reafirmamos que estamos juntes de todes que queiram fazer qualquer atividade políticas ou sociais em defesa dos direitos daqueles que não são aceitos nessa sociedade, e contra todos os ataques e desigualdades. Independente de qual organização esteja a frente. Essa é a unidade que defendemos no movimento estudantil, o qual acreditamos ser de todes, e no CASESO, que é feito de cada um de nós. Nossa inspiração é em Stonewall e aprendemos com esse que não devemos jamais retroceder e sim levantar nosso orgulho.

Vemos vocês hoje no HH do CAHIS e na parada LGBTQIAP+ às 14h no próximo domingo, 3, na Esplanada!!!




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias