Mundo Operário

NITERÓI

Niterói demite em massa de garis e trabalhadores da limpeza e coleta ambiental

sexta-feira 9 de abril| Edição do dia

Trabalhadores da Econit foram demitidos sem nenhuma explicação, jogados na rua em plena pandemia. A Econit é uma Parceria Público Privada, funciona como braço da CLIN, empresa de limpeza Urbana da prefeitura de Niterói, cuidando da limpeza e coleta ambiental.

Foram cerca de 40 funcionários demitidos esta semana, e há a expectativa de demissão de mais 110 na empresa. Segundo trabalhadores, durante a pandemia a empresa não forneceu equipamentos suficientes para a proteção dos trabalhadores, faltando até máscaras. Na quinta-feira (08/04) os trabalhadores se reuniram em frente à sede da prefeitura pedindo explicações. A prefeitura não se manifestou sobre as demissões.

Os trabalhadores da Econit, assim como diversos outros trabalhadores da limpeza pública, seguem trabalhando normalmente na pandemia, sendo essenciais no combate à covid-19. Mas não recebem nenhum tipo de apoio das prefeituras, sendo que sequer previsão de vacinação há para este setor. Seu trabalho é essencial para a população, mas os executivos não tratam como tal ao não fornecer vacinas ou escalas que garantam a segurança destes trabalhadores e seus familiares. E se não bastasse isso, sob o comando de Axel Grael, a prefeitura de Niterói ainda demitiu em massa estes trabalhadores.

💬 Quer denunciar? Mande seu relato para +55 11 97750-9596
E siga o Esquerda Diário nas redes e plataformas de streaming!




Tópicos relacionados

Niterói   /    Garis   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar