×

Eleições prévias na Argentina | Nicolás del Caño: "Uma boa eleição da Frente de Esquerda é uma mensagem para os poderosos"

Em mais uma entrevista diante das eleições primárias na Argentina, o candidato da esquerda Nicolás Del Caño deixou uma mensagem aos jovens e falou sobre as suas propostas. Ele disse que a pandemia "mostrou a verdadeira face do capitalismo".

quarta-feira 8 de setembro | Edição do dia

Num pingue-pongue de perguntas, o pré-candidato a deputado federal da Frente de Izquierda Unidad na província de Buenos Aires, Nicolás del Caño, deixou várias definições na A24.com no ciclo #CandidatosAlPaso. Inflação, educação, trabalho e salário, a fotografia de Olivos, foram alguns dos tópicos que passaram pela entrevista.

Uma mensagem para os jovens

"Quero enviar-lhes uma mensagem de que não têm de se resignar. Hoje vemos quantos jovens não sabem o que é um bônus de Natal, férias pagas, licenças por doença pagas. Quero desafiar os jovens a lutar para transformar esta sociedade. Para isso não temos apenas uma proposta muito importante, que é a redução do dia de trabalho para 6 horas 5 dias por semana, com um salário mínimo que cubra o custo da renda mínima familiar. Queremos também gerar emprego genuíno, dividindo as horas de trabalho entre empregados e desempregados. Esta é uma questão internacional em que a tecnologia avançou, mas não resultou em benefícios para o conjunto das pessoas. Por esta razão, a redução da jornada de trabalho através da divisão das horas trabalhadas é muito importante para o futuro dos jovens. Para pôr fim ao desemprego, à precariedade e à super-exploração das esgotantes jornadas de trabalho de 10, 12 horas por dia".

Não deixe a política nas mãos daqueles com quem está zangado

"Temos de apostar numa força política dos trabalhadores, como a Frente de Izquierda, para que esta crise seja paga por eles, pelos grandes grupos empresariais, e não pelo povo trabalhador. Não ir votar, ou anular o voto, é deixar a resolução dos problemas nas mãos daqueles mesmos políticos com quem se está zangado, e isso não vai acontecer. Temos de tomar nas nossas próprias mãos, por isso uma boa eleição da Frente de Izquierda é uma mensagem para os poderosos, para o Fundo Monetário Internacional, para aqueles que nos governam. Só as maiorias populares, tomando-a nas nossas próprias mãos, podem dar a volta a esta situação.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias