Natal: Não ao despejo da ocupação de moradores de rua no Viaduto do Baldo por parte do higienista Álvaro Dias!

A prefeitura de Natal, chefiada pelo prefeito Álvaro Dias (PSDB), emitiu um comunicado à população que ocupa o Viaduto do Baldo ameaçando despejar esses moradores de rua caso não deixem o local. Uma decisão repugnante, que não se preocupa em nenhuma medida com a vida dessa população que não tem onde morar, não oferecendo nenhum lugar para ficarem.

domingo 23 de agosto| Edição do dia

A ocupação no Viaduto do Baldo já tinha sido atacada em janeiro desse ano, segundo informações do Movimento Nacional da População de Rua do Rio Grande do Norte. A prefeitura retirou os moradores a força de lá, sem garantir nenhum lugar para se abrigarem, o que levou a que voltassem a se instalar em barracos na área externa do viaduto. Agora a prefeitura emitiu comunicado no qual informa que, se até o dia 27 de agosto não saírem de lá, irá novamente usar a força pra expulsar os moradores.

O Plano Diretor de Natal, a ameaça de apagar os grafites da escadaria de Mãe Luiza e agora esse despejo, são demonstrações do caráter reacionário e higienista do prefeito Álvaro Dias. Promete destruir a orla da cidade, despejando populações, a serviço do lucro da indústria hoteleira e dos grandes empresários da construção civil.

Chamamos a todos a repudiarem essa medida higienista da prefeitura contra a ocupação do Viaduto do Baldo. Durante toda a pandemia não fez nada para garantir a vida dessa população, garantindo testes e locais adequados de isolamento e cuidados médicos, sobrecarregando os centros de atendimento e seus trabalhadores.

Com a pandemia, os hotéis ficaram completamente vazios, que deveriam ter sido utilizados para realizar um planejamento do isolamento social de toda a população, partindo de testes massivos a todos e adequando os prédios ociosos e hotéis para realizar um isolamento racional de todos que precisassem, acompanhados de equipe médica especializada, leitos de UTI e respiradores, controlada pelos trabalhadores da saúde.

Sempre defendemos essa medida no nosso portal, que poderia ter servido para atender não só os moradores em situação de rua, mas toda a população que necessitasse, em especial nos bairros onde as condições sanitárias são historicamente um problema graças ao completo descaso dos governos em favor dos capitalistas. Medidas que não foram tomadas também pelo governo Fátima do PT, que da mesma forma que o prefeito Álvaro Dias priorizou os lucros dos capitalistas ao invés de tomar medidas mínimas para responder à pandemia.

Em Mossoró, o PT irá lançar a candidatura de Isolda Dantas aliada a partidos da direita como PROS e ao Avante, e mais uma vez mostra que está disposta a fortalecer a direita asquerosa do RN para seguir ganhando as eleições. Por isso que, para fazer frente a essa política reacionária de Álvaro Dias e dos vários candidatos da extrema-direita como Kelps Lima, Coronel Azevedo e Coronel Hélio, que disputam as eleições, é preciso colocar uma alternativa à esquerda do PT, que possa fazer frente aos interesses capitalistas e da direita com os quais sempre vai se conciliar. Assim, chamamos as organizações de esquerda na cidade a colocarem suas forças à serviço de se enfrentar com estes e outros ataques de Álvaro Dias e também em apoio à greve dos trabalhadores dos correios que se erguem contra a privatização.




Tópicos relacionados

Natal   /    Rio Grande do Norte   /    Rio Grande do Norte

Comentários

Comentar