×

Amizade golpista | Na véspera do 7S, Eduardo Bolsonaro se reúne com candidato liberal da direita argentina Javier Milei

O deputado federal e filho do presidente fez uma videochamada com Javier Milei, candidato liberal e figura caricata da extrema-direita argentina.

terça-feira 7 de setembro | Edição do dia

Dois dias antes do 7 de setembro carregado de ameaças golpistas por Bolsonaro e sua base e um dia antes de invadir a Esplanada dos Ministérios com a conivência da polícia militar junto a um grupo de apoiadores de Bolsonaro, o filho 03 Eduardo Bolsonaro, deputado federal por São Paulo, realizou uma videochamada com o candidato liberal Javier Milei.

Saiba mais: O que esperar dos atos bolsonaristas do dia 7?

Javier Milei é um candidato liberal à deputado nacional na Argentina e representa a extrema-direita, sendo inspirado por figuras reacionárias como Trump e Bolsonaro. Assim como os filhos do presidente brasileiro e sua base de apoio, o economista argentino se auto-proclama um libertário e costuma falar em defesa da “liberdade” e da “mão invisível” do mercado, enquanto vocifera contra o socialismo, o feminismo e direitos conquistados pelas mulheres, como a legalização do aborto.

A referência a tal videochamada foi postada nas redes sociais de Eduardo Bolsonaro com a legenda, em espanhol, “Não apenas adoramos deixar os esquerdistas loucos, como estamos unidos pela liberdade”. A liberdade que ambos defendem é a de perseguir e oprimir mulheres, negros, indígenas, LGBTQIA+ e de atacar os direitos da classe trabalhadora.

Não podemos dar nenhum passo atrás diante das ameaças golpistas dos bolsonaristas, que possuem coro na extrema-direita de outros países da América Latina. É preciso enfrentar essas ameaças e todos ataques que já passaram ocupando as ruas com as organizações dos trabalhadores e a esquerda e exigindo que as centrais sindicais deixem a paralisia e construam um plano de luta imediato.

Veja também: Editorial




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias