Sociedade

CORTE DE ENERGIA

Na pandemia, Polícia e Aneel cortam energia de bairro em Sorocaba: veja protesto dos moradores

Ação da companhia elétrica, ANEEL, ocorreu ontem (26) junto com a Polícia Militar.

quinta-feira 27 de maio| Edição do dia

Moradores do bairro Jardim Novo Mundo, na cidade de Sorocaba, estão sem energia elétrica desde de ontem (26) após ação absurda da empresa de eletricidade ANEEL, que junto com a Polícia Militar, cortaram a eletricidade da área verde da zona periférica, sem nenhum aviso prévio à população.

Essa ação acontece com respaldo da prefeitura da cidade de Sorocaba, em meio à pandemia, onde, além de se enfrentar com o vírus, a população tem que se enfrentar com a truculência da polícia e a falta de energia, mesmo com decreto de 26 de março da ANEEL que suspendeu o corte de energia de pessoas de baixa renda.

Além disso, os agentes da ANEEL e a polícia ainda roubaram fios de ligação elétrica que foram comprados pelos próprios moradores com seu dinheiro, escancarando o nível de precariedade que a população já vivia antes mesmo dessa ação absurda.

Moradores fizeram protestos ontem no bairro e estão no dia de hoje (27) fazendo ação em frente a prefeitura que é totalmente responsável por essa situação, e as 13h farão novos atos.

O Esquerda Diário se solidariza com a luta dos moradores do Jardim Novo Mundo em Sorocaba e colocamos nosso portal totalmente a serviço dessa luta contra os ataques que os trabalhadores e o povo pobre vem sofrendo na pandemia, onde até mesmo a luz é cortada dos que mais precisam. Além disso, esse ataque é também parte de todo avanço que existe no país da privatização da energia elétrica, que avança com a privatização da Eletrobrás, pelas mãos de Bolsonaro e Guedes, e que vai significar ainda mais precariedade de serviços básicos para os mais pobres no país.

Acompanhe imagens da mobilização dos moradores do Novo Mundo:

Moradores da região do Novo Mundo se manifestam em frente a prefeitura, mas não obtém qualquer resposta




Tópicos relacionados

Sorocaba   /    Prefeitura   /    Protestos   /    Sociedade

Comentários

Comentar