×

Violência policial | Mulher tem intestino perfurado por bala de borracha da PM ao proteger seu filho

No município de Passos em Minas Gerais, a polícia militar violentamente prendeu o jovem Vinícius P. de Jesus “suspeito” de extorsão mediante sequestro e sua mãe Célia de J. Gomes foi atingida por um tiro ao tentar proteger seu filho.

terça-feira 17 de agosto | Edição do dia

Foto: Reprodução google.

Célia de Jesus Gomes, mulher, mãe e trabalhadora, foi atingida por uma bala de borracha que de tão perto que foi disparada chegou a perfurar o intestino. Devido a esse nível de brutalidade e violência, a mãe do jovem foi levada imediatamente para o hospital e sala de cirurgia.

Em um vídeo que circula na internet é mostrado exatamente o momento em que Célia de Jesus Gomes, 49 anos, foi atingida a queima roupa por um tiro de borracha pelas mãos da polícia violenta e assassina.

Para o conjunto dos negros e pobres oriundos da classe trabalhadora a instituição policial representa repressão e assassinatos, em meio a uma pandemia que seguimos com insuficiência da vacinação universal, o Estado mantém nas favelas o braço armado da polícia.

Essa é a realidade da classe trabalhadora brasileira nesse governo de extrema direita de Bolsonaro e Mourão, que por um lado segue entre a exposição ao covid, a ausência da vacinação e a presença violenta e assassina da instituição policial nas favelas e periferias espalhadas pelo Brasil.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias