×

Violência contra a mulher | Mulher denuncia, por bilhete, abuso sexual e cárcere privado em clínica no CE

A Vítima entregou pedido de socorro à uma das irmãs, denunciando a situação e pedindo para que a retirassem. Em investigação, foram encontradas 33 mulheres aprisionadas em celas.

sexta-feira 13 de agosto | Edição do dia

Foto: Divulgação/SSPDS-CE

Mulher denuncia, por bilhete, abuso sexual e cárcere privado em clínica no CE

A Vítima entregou pedido de socorro à uma das irmãs, denunciando a situação e pedindo para que a retirassem. Em investigação, foram encontradas 33 mulheres aprisionadas em celas.

Na cidade de Crato, na região sul do Ceará, foram encontradas 33 mulheres em condições sub-humanas, aprisionadas em celas, em uma clínica para idosas e internas psiquiátricas. As vítimas tinham entre 30 e 90 anos, e viviam em cárcere privado, trancadas com cadeados em locais minúsculos com mau-cheiro e sem ventilação. havia no local, também, restos de comida em baldes, cachorros e porcos, segundo a equipe de resgate. O bilhete escrito por uma interna, que iniciou a investigação, ainda denuncia praticas de abuso sexual contra, pelo menos, duas das mulheres. Em uma folha escrita à mão, entregue a irmã, vítima relata ter sido violentada e denúncia violência sexual praticada também com outra mulher interna e pede para que familiares retirem-na dali.

Após a saída da interna, a mesma prestou depoimento, que levou o diretor da clínica, Fábio Luna dos Santos, 35 anos, a ser preso na manhã da última quinta-feira (12), investigado por crimes sexuais, maus-tratos, cárcere privado, além de suspeitas de se apropriar do dinheiro das internas.

Segundo a polícia civil do Ceará, a clínica que possuía estruturas completamente insalubres, está em funcionamento desde 2015




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias