Política

LUTA PELA MORADIA

Movimentos pela moradia fazem protesto no centro do Recife

Os manifestantes exigiram o justo direito à moradia, desmascarando a demagogia de Bolsonaro com o programa Casa Verde Amarela.

segunda-feira 31 de agosto| Edição do dia

O problema da falta de moradia e da favelização ficou escancarado com a pandemia do novo coronavírus. Segundo o estimado por movimentos de moradias, o défcit de moradia chega a 400 mil no estado.

Frente a esse absurdo, movimentos pelo direito a moradia - como MNLM e OLMP - se mobilizaram no centro do Recife exigindo uma solução a esse problema. Uma das pautas que exigiam é que nos terrenos doados ao movimentos sejam construídos. Também denunciaram que a promessa do Governo do Estado, de usar 3% do dinheiro da arrecadação para construção da moradia popular, não foi cumprida.

Além disso, também denunciaram que o Programa Casa Verde e Amarela, anunciado por Bolsonaro, não vai atender ao imenso défcit de moradia.

Frente ao problema da moradia, nós do MRT e do Esquerda Diário apoiamos as mobilizações dos movimentos, assim como levantamos a necessidade de uma reforma urbana radical, que exproprie imóveis que estão vazios para especulação, assim como a expropriação de mansões para uso público e também um plano de obras públicas para a construção de moradia, que além de resolver o problema da moradia possa também resolver o problema do emprego.




Tópicos relacionados

Pernambuco   /    Recife   /    Moradia   /    Recife   /    Política

Comentários

Comentar