Sociedade

DESMATAMENTO

Mourão minimiza desmatamento na Amazônia: “Foi menos pior”

Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe), o desmatamento na Amazônia bate recordes. Diante da política criminosa do governo Bolsonaro, que minimiza os danos na Amazônia em prol de favorecer o agronegócio Mourão afirmou que o governo previa um aumento de 20% em contraponto aos 9,5% de aumento no último ano.

quarta-feira 2 de dezembro de 2020| Edição do dia

Foto: Adriano Machado / Reuters

O discurso de Mourão, que é inclusive presidente do Conselho da Amazônia, órgão do governo federal para coordenar ações federais na Amazônia, criado para dar respostas às críticas internacionais sobre a criminosa gestão do governo Bolsonaro em relação à Amazônia.

Para o reacionário General Mourão, a estratégia de gestão na floresta deve ser mantida. Demagogicamente disse que para ano que vem a meta é reduzir o desmatamento no próximo ano, discurso que se contrapõe a própria política de governo, que enquanto fala isso é responsável pelo exponencial aumento de desmatamentos na região.

Saiba mais: Graças à política Bolsonarista de passar a boiada, desmatamento na Amazônia cresce 50%

A fala de Mourão prova novamente que este junto a Bolsonaro governa e seguirá governando em prol dos grandes empresários. Ao dizer que "foi menos pior", busca por um lado se vangloriar de ser parte do governo que teve maior número de desmatamento em doze anos, e por outro deixar claro que segundo as próprias previsões do governo o descaso com a Amazônia poderia e poderá ser pior.

Veja também:2º ano do governo Bolsonaro tem número recorde de desmatamento em 12 anos

Mourão, Bolsonaro e todo o regime golpista seguirão destruindo a Amazônia e atacando a população, a eles interessam aumentar os lucros capitalistas, manter seus privilégios e para isso estão dispostos a tudo, desde destruir a natureza, com vemos na Amazonia, na Bahia, no Pantanal, com a crescente das queimadas, mas também em todos os ataques que desde o golpe veem cruelmente retirando os direitos dos trabalhadores e rifando nossas vidas.

Pode te interessar: Depois que Bolsonaro assumiu os crimes ambientais ficam impunes no Brasil, diz Pablito




Tópicos relacionados

Fora Bolsonaro, Mourão e os militares   /    Amazônia   /    Hamilton Mourão   /    desmatamento   /    Sociedade   /    Meio Ambiente   /    Política

Comentários

Comentar